Presidente do COSEMS-PB Soraya Galdino representa os 223 municípios em audiência extrajudicial na Promotoria de Justiça da Defesa dos Direitos da Saúde do MPPB

Na manhã desta quarta-feira (10), a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB), Soraya Galdino, participou de uma audiência extrajudicial na sede do Ministério Público da Paraíba (MPPB), em João Pessoa. Representando os 223 municípios da Paraíba, Soraya Galdino esteve presente para discutir sobre os recorrentes abandonos de incapazes no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira. A reunião, conduzida pelo promotor de Justiça da Defesa dos Direitos da Saúde Leonardo Pereira de Assis, foi marcada por debates relevantes sobre a assistência psiquiátrica no estado.

A audiência contou com a presença do promotor de Justiça da Defesa dos Direitos da Saúde Dr. Leonardo Pereira de Assis, o promotor de Justiça da Cidadania Dr. Francisco Lianza, e representantes da Diretoria do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira: Dr. Tércio de Oliveira Ramos (diretor geral), Drª Camilla de Almeida Franca Falcão (psiquiatra e diretora técnica) e Drª Anna Alice Franca Falcão (assessora jurídica). Também participaram Luciana Torres e Nadicelle Bonifácio, assessoras técnica e de imprensa do COSEMS-PB, respectivamente.

Durante a reunião, foram abordados temas como o fluxo de atendimento e a assistência às pessoas com problemas mentais atendidas pelo Complexo, vindas de diversas partes do estado. Soraya Galdino destacou que cada município possui suas próprias realidades e desafios, especialmente os de pequeno porte, e que sozinhos não podem prestar serviços de cuidado a Saúde Mental. Ela enfatizou a importância de uma responsabilidade compartilhada entre o Ministério da Saúde, o Estado e os Municípios para melhorar o atendimento a esses pacientes.

A presidente do COSEMS-PB convidou os representantes da Diretoria do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira para participarem de uma assembleia do COSEMS-PB. O objetivo é apresentar um diagnóstico geral da situação dos atendimentos psiquiátricos, visando fortalecer as iniciativas municipais de apoio psicológico aos pacientes passíveis de ressocialização. Com isso, uma maior colaboração entre os diversos níveis de governo para otimizar o cuidado e assistência às pessoas com problemas mentais na Paraíba.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − seis =