COSEMS-PB participa do lançamento da Comunidade de Práticas de Qualidade em Saúde, Segurança do Paciente e Atenção Especializada

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB) participou, remotamente, do lançamento da Comunidade de Práticas de Qualidade em Saúde, Segurança do Paciente e Atenção Especializada que aconteceu de forma híbrida, nesta terça-feira (29), no Museu da Vida Fiocruz, no Rio de Janeiro, com a finalidade de apresentar práticas em saúde. O COSEMS-PB esteve representado pela secretária executiva Ana Carolline Carvalho.

A prática exitosa realizada pelo médico de Família e Comunidade da Unidade Básica de Saúde Mutirão I em Cajazeiras, José Olivandro Duarte de Oliveira apresentou a magnífica experiência intitulada de “Escalda-pés e a Horta de Plantas Medicinais na ESF: caminhos para o fortalecimento de cuidado”. Sua ação é um trabalho social que fortalece vínculos e cuida das pessoas de maneira humanizada e acolhedora. “Foi uma oportunidade de trazermos um pouco do que temos realizado com o “Escalda-pés do Cuidado”, destacou o médico sobre a solenidade.

“Foi um dia de grande aprendizado para todos nós. Tivemos a oportunidade de falar sobre o SUS nos municípios da Paraíba e o papel do COSEMS-PB no apoio e qualificação da gestão e atenção à saúde. Destacamos a nossa parceria e curadoria em saúde realizada com o IdeiaSUS/Fiocruz-RJ e a UFPB, enaltecendo que a escolha da prática exitosa de Cajazeiras para apresentação nesse lançamento de hoje, considerando a integração e repercussão da experiência na Atenção Primária em Saúde (APS) com a Atenção Especializada (AE). Na oportunidade, parabenizamos o belíssimo trabalho desenvolvido através do “Escalda-pés e a Horta de Plantas Medicinais” que permeia caminhos para que o cuidado com as pessoas seja fortalecido. O médico Olivandro Duarte idealizador do projeto está de parabéns, pontuou a secretária executiva Ana Carolline.

O encontro também reunira várias autoridades em Saúde Pública.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =