Cirurgias eletivas e incentivo de custeio a ações de monitoramento da Covid foram alguns dos assuntos da 6ª Assembleia

Na 6ª assembleia ordinária do COSEMS-PB realizada ontem (10) à tarde, através de videoconferência, foram discutidos assuntos como as cirurgias eletivas e a portaria que institui incentivo de custeio, em caráter excepcional e temporário, para a execução de ações de rastreamento e monitoramento de contatos de casos de Covid-19, além das recomendações do TCE-PB sobre as ações e gastos do Estado e municípios para combate a Covid-19 em parceria com COSEMS-PB.

De acordo com a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, é preciso atualizar os planos de contingência municipais com as ações que estão sendo realizadas para enfrentamento ao COVID-19, para posterior prestação de contas. Vamos aguardar solicitação oficial pelo Ministério Público Federal (MPF) para os gestores enviarem plano revisado, justificando as ações e gastos com Covid-19.

Em relação às eletivas, a presidente do COSEMS-PB junto com a Secretaria Municipal de João Pessoa enviará ofício com retorno e novo protocolo para eletivas e procedimentos a partir de final deste mês, além de realizar outros encaminhamentos sobre as eletivas em outras macros.

Durante a assembleia também foi tratada a pesquisa da Fiocruz/UFPB/UFC sobre a Análise do Processo de Trabalho da Estratégia Saúde da Família na Pandemia de Covid-19, da qual Dr André Luís Bonifácio da UFPB participa e irá disponibilizar o link da pesquisa até o dia 16 de novembro deste ano.

Assuntos como a campanha sobre raiva animal, o Guia Orientador para enfrentamento da COVID-19 na RAS, o 1º Congresso e Mostra Virtual do Conasems também foram abordados.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *