Presidente do COSEMS-PB fala sobre desafios das mulheres gestoras de saúde no contexto da pandemia em webinário do MPF, MPT e MP/PB

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino participou na tarde desta segunda-feira do painel sobre os desafios da mulher gestora no contexto de pandemia durante o webinário do MPF, MPT e MP/PB sobre “Mulher, Saúde e Justiça: o impacto da Pandemia no Universo Feminino”, realizado por ocasião do Dia Internacional da Mulher.

Em sua fala, no painel sobre Poder Executivo: os desafios da mulher gestora na pandemia, Soraya que também é gestora do município de Itabaiana destacou a superação para ter força para a tomada de ações de enfrentamento e no apoio aos demais gestores.

De acordo com Soraya Galdino, o trabalho das gestoras já é um desafio constante no cotidiano em anos normais e com a pandemia, ele se tornou ainda mais desafiador. “No começo, quando não sabíamos quase nada sobre o vírus era muito difícil sair de casa para atuar e motivar as profissionais de saúde de linha de frente, deixando as nossas famílias em casa com medo de todas as incertezas”, disse.

Soraya destacou que o enfrentamento à pandemia tem o rosto da mulher, destacando que 70% dos profissionais de saúde são do gênero feminino e 61% dos gestores são mulheres. “Nós não tínhamos escolha e precisávamos sair de casa para trabalhar e transmitir segurança, motivação, ler mensagens com desabafos, inseguranças e dar apoio, acolher o relato daquela gestora, daquela profissional de saúde, mas encorajá-la mostrando que população precisava dela”.

A presidente do COSEMS encerrou sua fala reconhecendo e lembrando que o momento é de muita reflexão e se estende à todas as mulheres e pacientes. “É triste ver uma grávida que sequer tem onde fazer isolamento em sua residência de quarto e sala, uma mulher que enfrenta dificuldades das mais diversas para se prevenir diante da pandemia ou perderam pessoas queridas. Nós como mulheres sofremos com tudo isso, com o nosso coração de mãe”.

O webinário do Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público da Paraíba (MP/PB) contou com a presença de mulheres de diferentes segmentos profissionais e foi aberto à sociedade através de transmissão pelo Youtube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *