COSEMS-PB participa de reunião com a Secretaria de Saúde para ativação do centro de operações para monitoramento da Monkeypox

O Conselho de Secretarias Municipais da Paraíba (COSEMS-PB) participou nesta quarta-feira (17) de reunião com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) para a ativação do Centro de Operações de Emergência (COE) que irá monitorar e acompanhar da Monkeypox na Paraíba, definindo estratégias para assistência e contenção do agravo. Na ocasião, foi apresentado o cenário epidemiológico atual da Monkeypox e o Plano Estadual de Contingenciamento.

O COE da Monkeypox é formado por um grupo técnico, com pessoas que têm expertise na área, e terá reuniões semanais, às quartas-feiras, de forma virtual, para atualização e análise do cenário epidemiológico. Até o momento, a Paraíba só confirmou um caso do agravo, quatro já foram descartados e 35 seguem em investigação.

De acordo com a presidente do Cosems-PB, Soraya Galdino, o paciente iniciará o atendimento na Atenção Primária e, por este motivo, foi pactuado durante a agenda mais capacitação para os profissionais da ponta. “Fechamos hoje esse fluxo para orientar os 223 municípios em suas unidades básicas de saúde”, afirmou.

A secretária de Saúde da Paraíba, Renata Nóbrega, destacou que o diagnóstico pode se assemelhar e confundir com outros agravos, daí a importância de procurar uma unidade de saúde para orientações.

Além do COSEMS-PB estiveram presentes representantes do Conselho Estadual de Saúde (CES), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), Conselho Regional de Enfermagem (Coren), Hospital Universitário Alcides Carneiro (HU-CG), Lacen – PB, Agevisa e Complexo Hospitalar Clementino Fraga.

Com SES

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =