COSEMS-PB participa de apresentação do cenário epidemiológico da Dengue na PB

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB) consciente do seu papel no incentivo às ações de prevenção contra a Dengue e, por sua vez, atuando junto à Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) e aos 223 municípios do estado para combater o mosquito. Nesta sexta-feira (16), a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, participou da apresentação dos dados epidemiológicos da Dengue. Os números foram apresentados pelo secretário de Estado da Saúde da Paraíba, Jhony Bezerra. Inicialmente, o governador da Paraíba, João Azevêdo, e o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, fizeram uma importante colocação sobre a participação de todos na luta contra a Dengue.

Os casos prováveis de Dengue estão distribuídos nas 16 Regiões de Saúde do estado, com concentração maior nas 1ª, 7ª, e 15ª, seguida pela 5ª, 4ª e 2ª Região. Há um óbito confirmado causado pela doença no município de Camalaú, de um jovem, de 24 anos. Com isso, o COSEMS-PB e a SES-PB estão engajados no cuidado e prevenção da Dengue para que os municípios se mobilizem e, de forma integrada, atuem no combate ao Aedes Aegypti.

Em apoio as cidades paraibanas e aos secretários, são executadas iniciativas para qualificação em manejo clínico de Arbovirose, voltada para médicos e enfermeiros; levantamento rápido do índice de infestação da Dengue nos 223 municípios; implantação de Unidade Sentinela de circulação viral de ARBO no Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa; o Dia D Estadual de Mobilização, que ocorrerá no próximo sábado, 24, em todo estado, com a finalidade de ampliar as ações e a importância do papel de todos para diminuir o número de focos nos territórios. Ademais, a elaboração de protocolo e fluxo regulatório para a equipe de médicos para dar suporte aos médicos da Assistência Primária à Saúde.

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, afirmou que “o momento é de prevenção. E não há arma maior contra a disseminação do mosquito do que a prevenção. Por isso, os secretários municipais contam com o nosso apoio nesta luta contra a Dengue. Estamos em um cenário tranquilo, comparando com outros estados do Brasil, mas, não podemos facilitar. Vamos juntos no combate contra o mosquito”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − cinco =