Oficina do Projeto FortaleCIR é realizada com a 5ª CIR

O COSEMS-PB, em parceria com a SES-PB realizaram hoje (28) a Oficina de Sensibilização e Adesão ao Projeto FortaleCIR com os Gestores Municipais apresentação de Saúde e membros da 5ª CIR, seguida por debate sobre o processo de regionalização no SUS no estado da Paraíba.

Além dos gestores de saúde, a oficina contou com a presença dos prefeitos de São José dos Cordeiros e Amparo, além de representantes dos Prefeitos de Monteiro, Coxixola e Sumé.

A Presidente da CIR e se
Secretária Municipal de Saúde de Monteiro, Ana Paula Morato, disse que “A reunião foi muito produtiva, muito boa e explicativa, a gente precisa desse fortalecirmento para que a gente possa fazer um processo de regionalização bem firme”.

Também participaram da oficina, Marcelo Mandú (GEPLAG/SES-PB), Débora Gomes (CIB-PB), Ravena Farias (Gerente Regional); José Sales Pereira (Secretário Executivo da CIR); Islany e demais apoiadores institucionais do CEFOR/SES-PB.

E Agora, Gestor é apresentado durante web oficina da Curadoria em Saúde do IdeiaSUS

Na tarde de segunda-feira (27), a Web oficina da Curadoria em Saúde IdeiaSUS/Fiocruz em parceria com a UFPB e COSEMS-PB contou com a apresentação da experiência do projeto E Agora, Gestor? do conselho.

A apresentação remota foi feita pela assessora técnica do COSEMS, Anna Katarina Galiza, com apoio de toda a equipe, consultoria e parceria da Rede Colaborativa.

Na ocasião foram expostos slides com a linha do tempo, metodologia, análise dos objetivos do projeto, vídeos com depoimentos da presidente do COSEMS, quatro gestores representantes das macrorregionais e o professor André Bonifácio da Curadoria em Saúde pela UFPB.

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino explicou que o projeto se trata de um sonho que foi muito bem desenvolvido pela equipe do conselho e que inicialmente foi voltado para os gestores iniciantes. “São oficinas que se tornaram referência na qualificação dos gestores e não abrange só os iniciantes, mas sim também os gestores veteranos e por causa desse modelo tão bem desenvolvido, já vem sendo referência também para outros outros estados. Então só tenho a agradecer a esta equipe pelo trabalho”, disse.

A especialista convidada foi a médica sanitarista Cristina Sette, que é professora da UFPE, Consultora do Conasems e tem larga experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Planejamento, Gestão e Atenção à Saúde.

Ao falar sobre o projeto, Cristina Sette deu contribuições importantes sobre o projeto, considerando o contexto, o olhar e os desafios para manter as parcerias institucionais, conferir sustentabilidade ao projeto e dar publicidade a esta prática”.

“Essa web foi um momento muito rico para todos nós que fazemos o COSEMS-PB, por ter nos dado sugestões e orientações para qualificar ainda mais o projeto”, disse Ana Carolline Carvalho, Secretária Executiva do COSEMS-PB.

Marta Magalhães Fiocruz destacou a união entre COSEMS-PB e gestores como “Forte unidade e capacidade de mobilizar e de apoiar” e parabenizou a toda a equipe e diretoria em nome da presidente Soraya.

Gabriella Soares da UFPB parabenizou a equipe e disse que a prática é fortalecedora. “Parabenizou a equipe e a Presidente pelo E agora Gestor e destacou que escutar os gestores relatando a importância dessa prática foi engrandecedora. “Uma prática que saiu ainda mais fortalecida desse nosso encontro”, declarou.

Gestores da 4ª CIR participam de I Oficina do FortaleCIR nesta sexta-feira (24)

O COSEMS-PB e a II Macro – 4ª CIR, em parceria com a SES-PB realizaram na tarde desta sexta-feira (24) a Oficina de Sensibilização do Projeto FortaleCIR, com apresentação seguida por debate sobre o processo de regionalização no SUS no estado da Paraíba.

Além dos gestores de saúde, a oficina contou com a presença dos prefeitos de Sossego, Picuí, Frei Martinho, Pedra Lavrada e representantes do gabinete de Barauna, Cuité e Damião.

O prefeito de Picuí, Olivanio Remígio, parabenizou o COSEMS-PB pela inciativa e dizer que nosso município está na luta e na busca de uma melhor relação com os demais gestores para uma uma saúde de qualidade e um SUS mais fortalecido para todos e para todas”.

Durante a transmissão aconteceu a apresentação do projeto e as potencialidades e desafios para o processo de regionalização na Paraíba, além de discussão sobre pactuação e ajustes em conformidade com a Resolução CIB-PB Nº 78 de junho de 2019 que8 aprova o Regimento interno da CIB e CIR do Estado da Paraíba.

A gerente da 4ª Regional de Saúde, Sabrina Cunha, a região é unida e está sempre participando das câmaras técnicas e reuniões da CIR. “Agradeço a parceria de todos os gestores, nosso apoio institucional, regionais e COSEMS que estaremos à disposição para colaborar e apoiar todas as ações e projetos como representantes na Secretaria de Estado da Saúde na região”.

Para a presidente da 4ªCIR, a secretária municipal de Saúde de Cuité, Adriana Sellis, “o FortaleCIR vem com uma proposta de trazer a tona discussões de forma regional, identificar as fragilidades de cada município e buscar possíveis soluções de maneira coletiva, a participação dos gestores e secretários impulsiona em cada o compromisso e as deliberações são efetuadas dentro dum contexto macro onde os problemas e deliberações são realizadas com o envolvimento de todos os entes a nível local, regional e estadual, com representatividades colaborativas e comprometidas com cada situação que necessita da atuação de cada segmento na resolução dos problemas”.

Em parceria com o COSEMS-PB e SES, UFPB oferece curso de Saúde Bucal

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com o Programa de Pós-Graduação em Odontologia (PPGO-UFPB), e a Secretaria de Estado da Saúde, ofertará um Curso “Cuidados em Saúde Bucal no contexto da pandemia da COVID-19” que tem o objetivo de capacitar os cirurgiões dentistas da atenção básica do Estado da Paraíba, por meio de atividades teóricas e discursivas (via remota), em temas pertinentes as ações de promoção e prevenção, e de atividades clínicas odontológicas minimamente invasiva a serem desenvolvidas pela equipe de saúde bucal no contexto da pandemia da COVID-19.

O curso é voltado para os cirurgiões dentistas da Estratégia Saúde da Família do Estado da Paraíba, aos quais serão ofertadas 350 vagas para a primeira turma, distribuídas com base na quantidade de equipes de saúde da Estratégia da Saúde da Família de cada município da Paraíba (competência abril/2020).

A perspectiva é que até o final do ano de 2020 tenhamos a oferta do mesmo curso para uma segunda turma, abarcando novos profissionais cirurgiões dentistas.

O curso para a primeira turma será realizado no período de 10 de agosto a 28 de setembro de 2020, com carga horária total de 45 horas, organizado em cinco módulos que irão abordar os seguintes temas: Biossegurança no contexto da COVID-19; Acolhimento, avaliação, classificação de necessidade de saúde bucal e análise de vulnerabilidade; Cárie dentária: conceitos atuais, prevenção e tratamento; Conceitos e práticas de Odontologia Minimamente Invasiva (OMI); e Ferramentas para tomada de decisão e ampliação da eficiência da prática odontológica.

Todos os módulos ocorrerão por meio de métodos de ensino remoto, com o uso de vídeoaulas. Para maiores informações: cursocuidadossb@gmail.com

Gestores destacam importância do acolhimento durante Bate-Papo COSEMS-PB

O Bate-Papo do COSEMS-PB realizado toda sexta-feira foi destacado pelos gestores no encontro hoje (24) de manhã, como um dos momentos mais esperados da semana por proporcionar alento, acolhimento, relaxamento e esperança, referindo-se à dinâmica que é realizada de forma remota entre eles.

Eles destacaram que estão sentindo e vivendo momentos de solidariedade entre as pessoas. “Quero aqui expressar a minha satisfação e gratidão a toda família COSEMS por todo o apoio.”, disse a secretária municipal de saúde de Duas Estradas, gestora Geveralda Farias de Lima.

No bate-papo de hoje, após ouvir demandas dos gestores como contratação e valor da remuneração dos médicos que vão trabalhar nos Centros de Atendimento a pacientes de COVID, foram repassados os informes sobre o Congresso e a Mostra Virtual do Conasems.

Oficina do FortaleCIR reúne gestores da 3ª CIR em videoconferência

O COSEMS-PB e a 3ª CIR, em parceria com a SES-PB realizaram hoje (23) à tarde, a Oficina de Sensibilização do Projeto FortaleCIR, com apresentação seguida por debate sobre o processo de regionalização no SUS no estado da Paraíba.

O debate e exposição dialogada contemplou também os objetivos e resultados esperados do Projeto, as Potencialidades e Desafios para o processo de regionalização na Paraíba e Instrumentos de Planejamento e Gestão, seguida por pactuação e ajustes de acordo com a Resolução CIB-PB Nº 78 de junho de 2019 que aprova o Regimento interno da CIB e CIR do Estado da Paraíba.

No final da oficina foi encaminhado um questionário aos gestores para identificação das principais demandas das CIRs e da região de saúde e o Termo de Adesão e Pactuação das atividades de concentração e de dispersão do Projeto FortaleCIR.

De acordo com o COSEMS-PB, o FortaleCIR potencializa as discussões que acontecem nas regiões e fortalece toda a região de saúde.

De acordo com o Vice-presidente da 3ª CIR e gestor da Secretaria Municipal de Saúde de Lagoa Seca, Iran Stenio Barbosa, a iniciativa do projeto é fortalecer e revigorar as CIRs. “Essa integração do Estado, COSEMS e municípios é fundamental para construção da regionalização da saúde em cada município. Agradecemos ao COSEMS por se fazer presente em todos os momentos, principalmente nessa fase crítica de pandemia, sendo nossa voz frente aos grandes desafios que estamos tendo de enfrentar com perspectivas bem otimistas de que em breve nossa região será mais fortalecida e estruturada na rede de atenção aos serviços de saúde”, disse.

Além dos gestores da região, apoiadores da SES e do COSEMS, participaram da oficina, os prefeitos de Areia e Matinhas e do representante do prefeito de Esperança.

Programação de boas práticas em saúde do IdeiaSUS apresenta projeto de “peixamento” de Esperança

O projeto IdeiaSUS fruto da parceria entre Fiocruz, COSEMS e UFPB realizou hoje (22) à tarde, mais uma apresentação e sistematização de prática em saúde, acompanhada pela Curadoria em Saúde.

Hoje foi apresentada a prática: “O uso de piabas no controle biológico do Aedes Aegypti”, coordenada por Juarez Fernandes de Souza do município de Esperança com o apoio da gestora Eliete Almeida.

O autor da prática, ressaltou que em 2017 o município de Esperança chegou a quase 10,3% de suas residências com foco de mosquito Aedes Aegypti, devido a necessidade de manter reservatório com água.

Diante da situação do alto índice de dengue, a gestão do município decidiu realizar distribuição de piabas em reservatório abertos e fechados, caixas d’água e principalmente cisternas no intuito de eliminar o foco do mosquito. Com a presença das piabas os ovos não tem tempo para eclodirem para se transformarem em mosquitos, pois as piabas se alimentam desses ovos.

Neste sentido o projeto “peixamento” se encontra bem estruturado e tem sustentabilidade no âmbito municipal porque o método de controle biológico é de baixo custo e vem se mostrando eficaz na diminuição dos focos do mosquito na comunidade, cujo percentual caiu de 10,3% para 1,3%.

O especialista convidado da tarde foi Guilherme Franco Neto, especialista de CT&I em Saúde, Ambiente e Sustentabilidade da Fiocruz e destacou que o trabalho é muito potente e exitoso, sendo um exemplo não só para o Brasil, mas para o mundo e destacou que eles conseguiram criar palavras como “peixamento” como uma forma de dar significado à prática.

“Simplicidade na competência de desenvolver uma prática ecológica garantindo bem-estar e saúde num município com escassez de abastecimento d’água é a sabedoria popular ensinando bons hábitos a população. Parabéns Esperança!”, disse Claúdia Le Cocq da Fiocruz.

O COSEMS-PB parabenizou toda a equipe e principalmente a gestora Eliete pelo apoio e estímulo à equipe para desenvolver essa prática com tanta simplicidade, mas ao mesmo tempo com imenso impacto na gestão e vigilância em saúde no município.

E AGORA GESTOR: Equipe do COSEMS-PB realiza oficina com secretários de saúde através de viodeoconferência

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB) realizou nesta terça-feira (21), mais uma edição no formato virtual da oficina E Agora, Gestor, que tem como objetivo dar suporte aos secretários, através de reuniões com a equipe técnica e jurídica. Além dos tópicos que são padrões na oficina, os gestores também puderam discutir assuntos relacionados à Covid.

Após o acolhimento e abertura da oficina, a secretária executiva do COSEMS-PB, Ana Carolline Carvalho falou sobre o O que é ser Gestor e foi procedida pela assessora técnica do conselho, Michelle Targino, que abordou o tópico sobre Planejamento em Saúde.

Em seguida a consultora do COSEMS, Mércia Carvalho abordou Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, a assessora jurídica Clarissa Dantas falou sobre Judicialização da Saúde e a assessora técnica Anna Katarina Galiza sobre Financiamento em Saúde.

O tópico final ficou por conta de discussões sobre a Covid-19, considerando a dimensão da pandemia e as demandas decorrentes dela, que vêm sendo sendo colocadas diante dos gestores de saúde. Todos os momentos da oficina contaram com debates entre os participantes.

Os apoiadores da Rede Colaborativa, João Paulo Rezende, Herllane Herculano e Christianne Rocha, destacaram o nível explanações e parabenizaram a equipe do COSEMS.

Para a secretária de Saúde de Condado, o apoio do COSEMS é de suma importância para os gestores. “Nos dá mais segurança e tranquilidade em meio a toda essa loura. Parabéns a todos”, disse. A mesma opinião foi compartilhada pela secretária de Saúde da cidade de Mãe d´Água, Sandra Teixeira. “Parabéns pela proximidade prática de nossas ações e Orientações COSEMS-PB”, disse.

A gestora de Bananeiras também destacou a importância da oficina. “Parabenizamos em nome da nossa Presidente Soraya Gestora Itabaiana, a todos que fazem o apoio do COSEMS pela excelente oficina hoje à tarde. Esclarecedora, objetiva. Muito obrigada por essa preocupação constante em nos respaldar com informações. E meus parabéns!”, disse.

IdeiaSUS, Fiocruz e COSEMS com UFPB voltou à apresentação de boas práticas em saúde nesta segunda (20)

Na tarde desta segunda-feira (20) o projeto IdeiaSUS entre Fiocruz e COSEMS com a UFPB deu prosseguimento à agenda de apresentações e sistematização de práticas em saúde acompanhados pela Curadoria em Saúde, fruto da parceria do projeto. Hoje foi debatida a prática “Grupo de boas práticas: promovendo saúde e tecendo diálogos” com a autora Ailma de Souza Barbosa e sua equipe de saúde da Unidade Timbó I da Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa.

O COSEMS-PB agradeceu a parceria e o apoio do Gestor Adalberto Fulgêncio pela colaboração em contribuir para o desenvolvimento da prática, sistematizar e divulgá-la como uma forma de estimular as demais secretarias municipais de saúde para buscar ser ativas em suas ações.

Marta Magalhães do IdeiaSUS/Fiocruz destacou que os usuários estão sendo muito potencializados por esse trabalho, através da integração de ensino e serviço dando mais vida às atividades.

“O Grupo de Boas Práticas que acontece no município de João Pessoa na comunidade do Timbó representa a importância da pratica colaborativa da equipe de saúde da família, estudantes, docentes junto com a comunidade. Os encontros promovem saúde e qualidade de vida e resultam na transformação social. Um belo trabalho que mostra a relevância da Atenção Básica e do SUS nos territórios de saúde.” disse Gabriella Soares  da UFPB. “O Grupo Boas Práticas levou como desafio a promoção de atividades via Web para a Comunidade de Timbó neste momento de Pandemia Coronavírus”, disse Cláudia Le Cocq da Fiocruz.

A Apoiadora da Rede Colaborativa, Ana Maria enfatizou a valorização do cuidado, o planejamento coletivo, a criatividade e o vínculo e fortalecimento da comunidade com a APS através deste trabalho.

Ailma Barbosa, a autora da prática, disse que criou a letra de uma música sobre os cuidados de enfrentamento à Covid que disseminou pelo motosom na comunidade e o infográfico da prática.

Ela destacou os seguintes pontos fortes para sustentabilidade da prática: atividade dos profissionais com criação de vínculos no território há cerca de 14 anos; apoio local da comunidade, comerciantes e igreja; além da parceria com a Rede Escola, com a UFPB.

O especialista convidado de hoje foi Pedro Cruz, professor adjunto do Departamento de Promoção da Saúde do Centro de Ciências Médicas da UFPB e coordenador do Grupo de Pesquisa em Extensão Popular EXTELAR (CNPq/UFPB).

Ele destacou como esse trabalho reflete a APS para além do atendimento do consultório, da clínica, aborda contextos saudáveis, promovendo relações humanas promocionais com uma estratégia coletiva, acolhedora e dialogando com o território, buscando a qualidade de vida.

INSCRIÇÕES ABERTAS: I Mostra Virtual Brasil, aqui tem SUS vai selecionar trabalhos de enfrentamento à Covid-19

O COSEMS-PB destaca que as inscrições para a mostra virtual Brasil, Aqui tem SUS realizada pelo CONASEMS estão abertas e orienta os gestores como participar do evento online que discutirá políticas públicas de combate ao novo coronavírus.