COSEMS-PB reivindica mais apoio da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba aos municípios no que se refere a informações

Em tempos de pandemia, onde todas as ações se voltam para a saúde, os gestores da Paraíba vêm enfrentando enormes dificuldades na administração dessa crise, e a pior delas, é a falta de informações precisas e em tempo hábil.

Diante disso, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde – COSEMS-PB, vem democraticamente a público dizer que os gestores municipais estão sem essa parceria da Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES-PB) frente a tribulação que o Coronavirus nos trouxe.

As ações contrariam frontalmente a política recomendada neste momento que é de unir forças em todos os sentidos para superar esta fase.

As informações emitidas pela SES geram questionamentos de várias formas e assim sobram perguntas e faltam respostas.

“Estamos vivendo um momento delicado, com dinamismo constante dos protocolos, enquanto a Secretaria de Estado se “fecha em copas” e não se aproxima dos municípios para fornecer informações que dê segurança aos gestores municipais e tranquilize a população. Desta forma, a população da Paraíba e o Cosems, começam a questionar a forma como a SES está conduzindo todo esse processo: demora no resultado dos exames, mortes sem causas definidas, subnotificação de casos suspeitos, entre outras inconsistências de informações que têm tirado a paz de todos”, disse a presidente do conselho, Soraya Galdino.

Deste modo, solicitamos ao Secretário de Estado da Saúde e sua equipe que comecem a entender que o Estado enquanto unidade federada é um conjunto de municípios, que precisam neste momento de apoio, suporte, acesso a informações em tempo oportuno e orientações para conduzirem essa adversidade da maneira mais adequada e com o menor impacto negativo em seus munícipes.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *