COSEMS-PB destaca relevância das discussões levantadas na 16ª EXPOEPI em Brasília

O COSEMS-PB participa de terça até a próxima sexta-feira (6) da 16ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (ExpoEPI), que está acontecendo em Brasília (DF). O evento é realizado pelo Ministério da Saúde, através da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). No primeiro dia foi realizada uma reunião com representantes das vigilâncias em saúde dos estados e municípios brasileiros.

Participam do evento, diretores das vigilâncias estaduais de saúde e diretores de vigilância em saúde dos Conselhos de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS), além de representantes do CONASEMS e CONASS.
Da Paraíba estão presentes a presidente do COSEMS-PB e secretária de Saúde de Itabaiana, Soraya Galdino e os diretores Onofre Ferraz Júnior, secretário municipal de Saúde de Princesa Izabel, Onofre Ferraz Júnior, Ceciliana Medeiros V. de Chumacero, secretária de Santa Luzia, João Elísio da Rocha Neto, secretário de Solânea e vários representantes de secretarias municipais do estado.

De acordo com a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, tanto a reunião focada na vigilância, quanto a mostra em geral foram importantes para mostrar a importância da revisão de parâmetros para definição do quantitativo de ACE’s, reivindicação constante dos municípios. “Todas as discussões foram bastante produtivas e através dos balanços pudemos constatar avanços para a construção de um SUS mais efetivo.

De acordo com Onofre Ferraz, que é da diretoria em Vigilância em Saúde do COSEMS-PB, foi debatida a revisão do financiamento da vigilância em saúde, conforme a portaria GM/MS 2.663/2019. “A CIB ficou com papel importante para garantir a integralidade do financiamento aos municípios”.

Ele também destacou o lançamento da plataforma Integrada de Vigilância em saúde (IVIS) como importante instrumento. “Isso dará um grande avanço para os gestores no planejamento de políticas em saúde pública”.

Ao longo desses dias estão sendo discutidos assuntos relacionados ao financiamento e investimentos da VS; programa de qualificação da vigilância em saúde com foco nos resultados de 2019 e a proposta de revisão para o ano de 2020; a vigilância laboratorial, focando o fortalecimento da Rede Nacional; respostas para as emergências em saúde e o lançamento da plataforma integrada em vigilância em saúde (IVIS).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + dezesseis =