COSEMS-PB destaca papel da Atenção Primária de Saúde, na prevenção e combate à Covid-19

A atenção primária de saúde no combate a Covid-19 vem exercendo um papel relevante dentro do conjunto de ações integradas adotadas pela saúde pública. Como porta de entrada do usuário do SUS, agentes comunitário de saúde, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos que atendem nas Unidades Básicas de Saúde e que integram a ESF são responsáveis pela orientação e algumas vezes, o primeiro atendimento de casos suspeitos de coronavírus.

Dentro de um cenário de lotação de leitos de enfermaria e UTIs dos hospitais referenciados para atender pacientes de Covid-19, o papel destes profissionais ganha ainda mais destaque, na identificação e monitoramento dos casos que podem ser tratados em casa e dos mais graves que precisam ser encaminhados de imediato para UPAs e até para internação nos hospitais.

De acordo com a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, o aumento desta demanda somada a de outras doenças gera uma tensão muito grande na capacidade de atendimento dos equipamentos que integram o SUS e neste aspecto, a atuação responsável e sempre atenta destes profissionais que realizam o primeiro atendimento, é fundamental. “É na atenção básica que se realiza esta seleção que precisa ser cuidadosa e atende principalmente as populações mais carentes”, disse.

Atualmente, a oscilação na ocupação dos leitos de enfermaria e UTI nas cidades paraibanas, oscila entre 40% e 95%, e com o aumento dos casos, este trabalho dos profissionais da atenção primária garante a identificação, encaminhamento adequado dos casos e melhora o índice de isolamento social, através de ações humanizadas de saúde.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + dez =