Ao assumir Ministério da Saúde, Nísia Trindade defende união entre entidades e sociedade

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, tomou posse na última segunda-feira (2), numa cerimônia em Brasília. Ela assume o Ministério da Saúde no Governo Lula III reforçando a união, a vacinação e o diálogo entre as entidades federativas, estaduais e municipais.

“Nossa gestão à frente do Ministério da Saúde será pautada pelo diálogo com a ciência”, disse a nova ministra. Em seu discurso de posse, ela destacou o trabalho coletivo com estados, municípios e sociedade fundamentais para obtenção dos resultados almejados. “Nossa gestão será pautada pelo imprescindível trabalho coletivo”, enfatizou.

A presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB), Soraya Galdino falou da importância da relação tripartite com o Ministério da Saúde. “A pactuação tripartite devido ao papel imprescindível dos estados e municípios na tomada de decisões é fundamental no processo nos avanços dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde. É louvável sempre esse diálogo com os entes”, destacou.

No discurso, Nísia afirmou que, à frente do Ministério da Saúde deseja fortalecer a produção local e o complexo econômico da saúde, dando ao Brasil autonomia para produzir vacinas e fármacos. “A pandemia da Covid-19 mostrou nossa vulnerabilidade”, disse. Ela também enfocou a retomada da coordenação nacional do SUS por parte do Ministério da Saúde.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 10 =