Lei antitabagismo previne mais ataques cardíacos em jovens, diz estudo

Foto: Corbis.com

Foto: Corbis.com

Um estudo apresentado no Congresso Europeu de Cardiologia demonstrou os resultados positivos da lei que proibiu o tabagismo em lugares públicos da cidade de Bremen, Alemanha.

Houve uma redução significante na incidência de infarto do miocárdio, conhecido popularmente como ataque cardíaco, em 16% nos indivíduos adultos não fumantes (fumantes passivos).Entre os fumantes ativos a incidência de ataque cardíaco ficou estável.

A explicação foi de que os fumantes ativos estão expostos a uma carga tabágica tão elevada que é praticamente desprezível o efeito do tabagismo passivo que recebem, não alterando o seu risco individual.

A aplicação da lei antitabagismo teve resultados mais positivos na população de adultos jovens onde não fumantes tiveram redução de 31% na incidência de infarto.O tabagismo é a principal causa modificável de morte no mundo.Estima-se que no Brasil cerca de 17% dos adultos sejam fumantes.

Fonte: Congresso Europeu de Cardiologia
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *