Primeiro dia do Seminário GILSON CARVALHO

_DSC0411

Com a presença de 176 Gestores Municipais de Saúde, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba realizou neste domingo (24) o primeiro dia de trabalho do I Seminário GILSON CARVALHO para Qualificação da Gestão do SUS no Estado. O evento teve início às 8h, no auditório do Garden Hotel, na cidade de Campina Grande/PB.

Lourdes Almeida, Consultora de Gestão do Conass; Marcos Franco, Consultor de Gestão e Planejamento do Conasems; Dorian Chim Smarzaro, da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde; e Marcos Elizeu, Diretor do Departamento de Programação da Assistência do Derac/MS palestraram pela manhã. As falas geraram um interesssante debate entre os gestores e abrilhantaram a mesa de PLANEJAMENTO INTEGRADO  Capacitação da Gestão através da apropriação dos instrumentos de Gestão – RENASES, RENAME, PGASS, Plano Municipal e Relatório de Gestão, do Seminário.

Na ocasião, foram discutidos os Instrumentos Estratégicos para o Planejamento no SUS, o Plano de Saúde, Programação Anual, Planejamento Regional Integrado, COAP, Atenção Básica, PGASS e PPI, que são grandes impasses da gestão municipal e estadual. Dra. Lourdes Almeida fez uma breve explanação sobre o Planejamento Integrado, destacando a Lei 8.080/90 e os instrumentos de gestão, enquanto Dorian Chim Smarzaro se deteve à legislação do SUS como portarias, decretos e normativas.

A Atenção Básica e a Programação Pactuada Integrada (PPI) estiveram entre os assuntos mais comentados, tanto pelos Gestores, quanto pelos palestrantes. O Dr. Marcos Franco ressaltou, por várias vezes, a necessidade de estruturação da Atenção Básica e da Educação Permanente como meio de qualificação do atendimento à saúde, não só na Paraíba, mas em todo o Brasil. “É necessário saber qual a definição de Atenção Básica e como executá-la. Só essa qualificação, já auxiliaria muito a gestão”.

Marcos Elizeu contribuiu para o debate, ressaltando a Programação Geral de Ações e Serviços de Saúde (PGASS), mostrando suas diretrizes, etapas e desafios preliminares, colocando em confronto a PGASS e a PPI. Os temas foram objeto de discussão nas rodas de debate que aconteceram no turno da tarde. Cada grupo formulou duas perguntas, que foram discutidas exaustivamente e esclarecidas pelos convidados.

O evento segue até o dia 27 de agosto, tendo em sua abertura oficial, que acontece na noite desta segunda-feira (25), o Secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde André Bonifácio.

_DSC0280

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =