Oficina COAP, COSEMS-PB e Ministério da Saúde

[singlepic id=47 w=320 h=240 float=right]A presidente do COSEMS-PB Roseana Meira, em conjunto com o Secretário de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, iniciaram na manhã desta sexta feira dia 13, no Hospital Municipal Santa Isabel, em João Pessoa a primeira oficina sobre COAP – Contrato Organizativo da Ação Pública de Saúde.

Os membros presentes tiveram a oportunidade de dialogar sobre essa novidade importante que é o Mapa da Saúde, uma ferramenta que será criada pelo Ministério da Saúde para identificar e programar, geograficamente, recursos e processos de saúde: profissionais, estabelecimentos, equipamentos, indicadores de saúde e serviço existente no país.

O secretário, Odorico Monteiro, mostrou que o COAP tem como finalidade evidenciar vazios assistenciais e produzir informações estratégicas para subsidiar o planejamento regional integrado para a configuração do COAP, podendo assim desenvolver uma melhor gestão com excelência. Se faz importante a junção da organização das relações interfederativas, a partir do reconhecimento das comissões Tripartite, no âmbito nacional, Bipartite (CIB) no âmbito estadual, e regional CIR, nas quais se discute e e decide-se de maneira consensual toda a região da saúde.

O desempenho deverá ser aferido a partir de indicadores do IDSUS – Indicador nacional de garantia de acesso, e servirá como parâmetro para avaliação do desempenho das prestações das ações e dos serviços definidos no contrato como também alinhar os indicadores da região do município.

Nesta oficina estiveram presentes membros da CIR Mata Atlântica, diretoria com a Adriene Jacinto, Secretários de Saúde da 1ª Região, convidados como Núcleo de Saúde Coletiva na pessoa de Murilo Wanzeler e o Gilson Resende Giovani, como representante do DATASUS, além de membros da CIR Vale do Mamanguape e os representantes do Ministério da Saúde Dr. Odorico Monteiro, Dr. André Luiz Bonifácio e Dr. Adalberto Fulgêncio.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer se juntar a discussão?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *