Cosems-PB é citado como referência nacional em videoconferência do Maranhão

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB) foi citado como referência nacional em uma videoconferência do Telessaúde do Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA). A citação foi feita por conta da Nota Informativa versão 2.1.04 do e-SUS/AB que o Cosems-PB elaborou esclarecendo aos gestores municipais de saúde  do estado sobre o bloqueio de repasses de recursos da Atenção Básica pela não adesão ao Prontuário Eletrônico definido pelo Ministério da Saúde (MS).

De acordo com o coordenador da Sala de Situação da Atenção Básica do Maranhão, e responsável pela referida videoconferência, Jameson Ferreira Leite Júnior, a Nota Informativa de autoria do Cosems-PB representa um marco para saúde da Paraíba e serve de referência para os demais Cosems de todo o Brasil.

“O Cosems-PB foi o primeiro conselho do Brasil a elaborar formalmente um documento que norteia os gestores municipais de saúde quanto à falta de fundamentação legal do Ministério da Saúde para bloqueio do repasse dos recursos aos municípios por conta da obrigatoriedade do prontuário eletrônico nas unidades básicas de saúde de todo o país”, destacou.

Jameson Ferreira ainda afirmou que apresentou a Nota Informativa do Cosems-PB em reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Estado do Maranhão (CIB-MA) e que espera que os demais estados possam ter como modelo a postura do Cosems-PB. “Parabéns para a Paraíba que elaborou um documento tão organizado e esclarecedor. Aqui no Maranhão também estamos realizando web conferências para discutir o atual cenário da saúde para posteriormente elaborarmos um documento com o diagnóstico da realidade do estado do Maranhão”, acrescentou.

Para ter acesso à videoconferência que cita a Nota Informativa do Cosems-PB na íntegra clique aqui.

Para ter acesso à Nota Informativa do Cosems-PB clique aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =