Abertas inscrições para curso de Especialização em Gestão de Redes

ead-ensp-fiocruzA Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) abriu nessa sexta-feira inscrições para o curso de Especialização em Gestão de Redes, na modalidade EAD (Educação a Distância). O curso tem como objetivo geral apoiar a estratégia de constituição de redes de atenção e de construção do espaço regional, focando no planejamento e na gestão de redes de atenção à saúde.

Estão sendo disponibilizadas 1.160 vagas, divididas entre as regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, além de vagas direcionadas ao Ministério da Saúde. Os estados beneficiados são Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio grande do Norte, Sergipe, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

O curso de Especialização em Gestão de Redes tem carga horária de 432 horas, onde 360 serão realizadas a distância e 72 na modalidade presencial. O público-alvo será os profissionais de nível superior, gestores, técnicos pertencentes às três esferas do SUS, ou aos Conselhos de Secretários Municipais de Saúde (COSEMS), com atuação na gestão regional, em especial aos que compõem as Comissões Intergestores Regionais e suas respectivas Câmaras Técnicas. Serão admitidas também as inscrições dos profissionais que atuem em Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde, nas áreas de constituição da regionalização e das redes de atenção e técnicos envolvidos no Projeto Qualisus.

O processo seletivo se dará a partir da indicação dos candidatos por gestores nas três esferas governamentais. A indicação é um critério no processo seletivo, mas não garante a aprovação do candidato.

As inscrições poderão ser realizadas até o dia 17 de fevereiro de 2014, apenas pela internet. Para mais informações, os profissionais interessados em participarem do curso, podem acessar o edital no link abaixo.

Edital de seleção: http://www.ead.fiocruz.br/_downloads/edital1886v5.pdf

 

Fonte: Fiocruz/ Sayonara Rodrigues – Assessoria de comunicação do COSEMS/PB

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *