Posts

Anvisa suspende produtos injetáveis à base de chá verde

Agência também proibiu comercialização de outros produtos feitos com extratos vegetais que prometem o emagrecimento

Chá verde: Anvisa proibe produtos injetáveis feitos à base do chá para o emagrecimento (Foto: Corbis.com)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a fabricação, a divulgação e o uso de medicamentos injetáveis à base de chá verde e de outros extratos vegetais que são vendidos com finalidade estética para o emagrecimento. A decisão foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor nesta mesma data.

Segundo a agência, não há estudos que comprovem que esse tipo de produto é seguro e eficaz no que promete — ou seja, a redução de peso e “o combate às gorduras localizadas”, como divulgaram algumas propagandas dos produtos na internet. Por isso, o órgão suspendeu “fabricação, manipulação, distribuição, comércio, divulgação, administração e uso de quaisquer medicamentos de administração parenteral à base de extratos vegetais isolados ou em associação com outras substâncias vegetais ou sintéticas.”

Fonte: Veja Online

Informe ANVISA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta segunda-feira, dia 27/08/2012 no Diário Oficial da União (DOU), a apreensão e inutilização, em todo o país, do lote 0805720, validade 09/2014, do medicamento Dualid S (cloridrato de anfepramona, 75mg).

O lote citado não tem origem comprovada e não pertence a nenhum lote regular do medicamento, fabricado pela empresa Aché Laboratórios Farmacêuticos S/A.

As pessoas que já tiverem adquirido o lote ou produto apreendido devem interromper o uso.

Fonte: http://www.portaldoconsumidor.gov.br