COSEMS destaca importância de pesquisa da Fiocruz sobre trabalho das equipes de Saúde da Família na Covid-19

Lançada no início de setembro a pesquisa nacional Análise do processo de trabalho da Estratégia Saúde da Família na pandemia de covid-19 da Fiocruz toma como ponto de partida a relevância da Estratégia Saúde da Família (ESF), considerada a estratégia primordial para o fortalecimento da atenção primária e coordenadora da rede de cuidados no SUS.

A pesquisa é conduzida pelo Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, em parceria com a Fiocruz Ceará e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Estão sendo explorados aspectos como incorporação de novas rotinas de serviços durante a pandemia; formas de atenção prestada a suspeitos e doentes com a covid-19; práticas de promoção da saúde para proteção à doença e práticas de vigilância para seu monitoramento e mitigação.

A pesquisa dirige-se a todos os profissionais de saúde que atuam nas equipes da Estratégia Saúde da Família, na atenção primária à saúde – médicos, enfermeiros, cirurgiões dentistas, técnicos de enfermagem, técnicos de saúde bucal, agentes comunitários de saúde e profissionais dos núcleos ampliados em Saúde da Família (fisioterapeutas, psicólogos, acupunturistas, fonoaudiólogos, entre outros).

As informações estão sendo coletadas por meio de um questionário online, a ser acessado por qualquer dispositivo (computador, tablet ou celular) e que buscará explorar quatro eixos: perfil demográfico e profissional dos trabalhadores; manutenção e novos fluxos e rotinas dos serviços; atenção prestada a suspeitos, doentes e contatos de covid-19; promoção da saúde; vigilância em Saúde; e proteção individual/familiar/domiciliar e ocupacional dos profissionais.

A pesquisa busca conhecer as medidas de proteção individual/familiar/domiciliar e ocupacional dos profissionais das equipes de Saúde da Família.

De acordo com a presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino, os resultados servem como suporte às ações governamentais e aos gestores locais. “A partir destes dados temos como conhecer como os processos de trabalho estão se comportando na atuação da Estratégia Saúde da Família diante da pandemia, do enfrentamento à Covid-19 e o que precisa ser modificado ou potencializado”, disse.

Para participar acesse: https://pt.surveymonkey.com/r/ESF_Covid-19_Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *