Posts

Saúde lança terceiro edital do Provab para médicos

provab

Ministério da Saúde lançou, nesta terça-feira (7), o terceiro edital de convocação de Médicos para participarem do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab). A iniciativa, institucionalizada pela Lei do Mais Médicos, leva os profissionais para atuarem por um ano na atenção básica das regiões mais carentes, como no interior e periferias dos grandes centros. Em troca, recebem bolsa federal mensal de R$ 10 mil e a possibilidade de pontuação adicional de 10% na prova de residência médica, caso o participante cumpra a carga horária do programa e seja aprovado na avaliação final. O objetivo é qualificar os médicos por meio de atividades práticas supervisionadas em unidades básicas de saúde e especialização em atenção básica.

O edital traz ainda uma novidade: profissionais brasileiros ou com diploma revalidado no Brasil participantes dos programas de aperfeiçoamento em atenção básica do Ministério da Saúde, o Mais Médicos e o Provab, poderão fazer transferência de um para o outro. O objetivo é dar a oportunidade para o profissional fazer uma nova especialização e permanecer no município em que já atua por um período maior na mesma unidade básica.

“A transferência entre o Mais Médicos e o Provab trará benefícios aos profissionais brasileiros e à população. A medida permite o aperfeiçoamento dos médicos e a continuidade na assistência na atenção básica dos municípios”, explica o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

O Provab 2014 prevê a especialização em Saúde da Família para os médicos por um período de 12 meses. O curso conta com atividades práticas na Atenção Básica sob supervisão de Instituições de Ensino Superior e acompanhamento dos gestores locais, além de aulas teóricas ministradas em metodologia ensino a distância pela Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UnA-SUS). Os profissionais iniciam suas atividades nos municípios no dia 6 de março.

Profissionais

Os interessados podem se inscrever entre os dias 14 e 30 de janeiro, pela internet, por meio do endereço eletrônico http://provab.saude.gov.br. Após aderirem ao programa, deverão escolher o local onde desejam atuar entre os dias 7 e 9 de fevereiro. Só estarão disponíveis vagas em municípios que aderiram ao programa na edição de 2013. O profissional poderá selecionar uma opção em cada um dos seis perfis estabelecidos pelo Ministério da Saúde em áreas prioritárias definidas pelo edital, como regiões carentes de capitais, regiões metropolitanas, interior e distritos indígenas.

O número de vagas em cada localidade dependerá da demanda informada pela coordenação do Programa. A distribuição dos médicos obedecerá a critérios de preferência previstos em editais nos casos em que o número de profissionais interessados for maior do que a oferta de vagas. Terão prioridade no processo de alocação os médicos que se graduaram, obtiveram certificado de conclusão de curso ou revalidaram diploma em instituição de ensino localizada na unidade da federação a qual pertence o município, bem como os nascidos no estado. O segundo critério consiste na data e horário da adesão, e o terceiro, na idade do profissional, tendo preferência a maior.

Os médicos que se inscreverem no Provab 2014 não estão incluídos nos 13 mil profissionais previstos no Programa Mais Médicos até março de 2014.

Balanço

O número de participantes do Provab cresceu dez vezes de 2012 para 2013, passando de 381 para mais de 3,3 mil profissionais em 1.157 municípios, sendo a maioria das cidades (573) na Região Nordeste.

Do total, 3.226 profissionais foram aprovados com conceito satisfatório e poderão pleitear a pontuação de 10% na prova de residência médica.

Transferência

Para pedir a migração entre programas, o médico deverá permanecer no mesmo município em que já atua e estar em dia com todas as atividades de ensino e serviço, incluindo a frequência obrigatória na especialização.

O profissional ficará submetido à legislação do programa em que optou atuar. O período para a manifestação de interesse na transferência será entre 2 e 4 de fevereiro.

As transferências serão realizadas a partir do quarto ciclo do programa Mais Médicos. O próximo edital do programa definirá os prazos e exigências para os interessados em realizar a mudança.

Fonte: Wesley Lopes Kuhn / Agência Saúde

Mais Médicos e PROVAB: Atualização da localização geográfica de UBS

Estamos disponibilizando o Passo a Passo detalhado para que cada gestor municipal possa realizar atualização da localização geográfica de todas as suas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Estas informações são necessárias para o acesso as diversas Políticas do Ministério da Saúde, em especial, de Qualificação da Infraestrutura e Provimento de Profissionais.

Estas coordenadas geográficas são utilizadas na alocação do médico, contemplando em especial as áreas mais vulneráveis do município, tal como descrito nas regras dos Programa Mais Médicos e do PROVAB.

A localização geográfica (latitude e longitude) de todas as UBS será realizada no SISMOB.

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Oi / 9640-9878 Tim / (61) 3315-5905
Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Coordenação de Gestão da Atenção Básica – CGAB
DAB/SAS/Ministério da Saúde
SAF SUL Quadra 02 LT 05/06 Ed. Premium – Torre II
Sala 10 (Subsolo), Brasília – DF CEP: 70.070-600

Links:

Programa – http://dab2.saude.gov.br/sistemas/sismob/

Passo-a-Passo

Planilha de UBS no Estado da Paraíba que necessitam ser atualizadas

PROVAB 2013 – Informações Importantes

Prezados(as) Médicos(as) e Gestores(as),

Brasília-DF, 13 de março de 2013.

1. Informamos que para realizarmos a efetivação do pagamento da bolsa será necessário que:

  • Os(as) médicos(as) informem a agência bancária do Banco do Brasil para o recebimento do cartão de saque, no seu perfil de acesso através do site http://provab2013.saude.gov.br até a data limite de 18/03/2013 (não é necessária abertura de conta, deve ser informada a agência em que o médico tenha mais facilidade de retirar o cartão do programa);
  • Os(as) gestores(as) responsáveis pelos médicos no município deverão mensalmente realizar a validação da bolsa conforme calendário que será divulgado. Excepcionalmente este mês de março (mês de início das atividades) deverá ser validada no período de 18/03/2013 a 22/03/2013 no site http://provab2013.saude.gov.br (conforme passo a passo que estará disponível no site do PROVAB à partir do dia 18/03/2013); Orientamos aos gestores que neste momento a validação da bolsa deverá levar em consideração se o médico efetivamente iniciou suas atividades. E, ainda, caso o médico não tenha comparecido, solicitar à Coordenação Nacional do programa, através do sistema o desligamento do mesmo;
  • O médico deverá realizar matrícula no Curso de Especialização no prazo estabelecido no site da UNA-SUS através do link http://www.unasus.gov.br/node/293.

2. Para os(as) Médicos(as) participantes do programa, obrigatoriamente para a bolsa ser creditada, deverão:

  • Possuir agência bancária do Banco do Brasil válida no site;
  • Estar cumprindo as atividades do programa estabelecidas no edital nº 03/2013;
  • Possuir validação da bolsa pelo gestor do município;
  • Não estar inserido em mais de um programa de educação pelo trabalho mantido pelo Ministério da Saúde;
  • Estar em situação regular junto à receita federal;
  • Não possuir registro ativo no Cadastro Nacional de Estabelecimento de saúde (CNES) na Atenção Básica que não a indicada como “equipe provab” ***;

 

 

  • Estar matriculado e estando matriculado frequentar o curso de especialização em Atenção Básica/Saúde da Família, oferecido pelas Universidades da rede UNA-SUS.

*** Para a efetivação do registro no CNES “equipe de saúde PROVAB” será orientado ao gestor posteriormente. A Coordenação Nacional enviará orientações gerais sobre o cadastramento desta equipe inclusive sobre os prazos para efetivação do cadastro; Este critério somente entrará em vigor quando cumprida a orientação que será encaminhada aos gestores.

ORIENTAÇÕES GERAIS

Todas as informações acima indicadas são monitoradas e avaliadas pela equipe da Coordenação Nacional do PROVAB. Alertamos que o descumprimento delas, no todo ou em partes, configurará o NÃO RECEBIMENTO DA BOLSA.

Orientamos aos Médicos(as) do programa que  acompanhem junto aos seus gestores a validação da bolsa para que não atrase o pagamento.

Alertamos que os lotes de pagamento são mensais, caso haja a não validação e/ou o descumprimento dos itens indicados acima o pagamento do lote ocorrerá juntamente com o lote do mês posterior e somente após analisada a justificativa do descumprimento que deverá ser descrita no sistema.

O pagamento da bolsa poderá ser acompanhado no site do Fundo Nacional de Saúde – FNS, através do link disponibilizado no site do PROVAB.

Segue abaixo as previsões do calendário do mês de março/2013, o calendário anual de previsão de pagamento das bolsas estará disponível na íntegra através do site à partir de 18/03/2013, sendo este calendário necessário para o cumprimento do crédito.

A nível local reforço a necessidade que: 

OS GESTORES SE COMUNIQUEM COM O PROVAB UFPB ATRAVÉS DO LINK:
https://docs.google.com/forms/d/1C9iwISB82nqTysLPrgPGY8nfKqbJKVIUhn4vEQBQN84/viewform

OS MÉDICOS SE COMUNIQUEM COM O PROVAB UFPB ATRAVES DO LINK
https://docs.google.com/forms/d/1A7RBF6lnl_qmWPJGay9hbjuqTif8hb-AOczo8zNPajI/viewform

Convite – Provab 2013

provabO Ministério da Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba convidam para a Cerimônia de Acolhimento dos Novos Médicos do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB), no Estado da Paraíba a realizar-se no dia 6 de março de 2013, quarta-feira, às 14 horas, no Auditório do Centro de Ciências da Saúde, Prédio da Terapia Ocupacional, Universidade Federal da Paraíba, Campus Universitário I, Cidade Universitária, João Pessoa-PB.

Clientela: Prefeitos, Secretários de Saúde e médicos dos municípios que foram selecionados pelo PROVAB/2013.

Maiores informações: (83) 3218-7409/7424
Gerência de Atenção Básica/SES-PB

Informações importantes PROVAB 2013

O Ministério da Saúde, por intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), tornou pública nesta terça-feira (19/02) a relação de candidatos selecionados (lista do Estado da PB) para execução das atividades no âmbito do PROVAB nos respectivos municípios, conforme estabelecido no Edital nº 08, de 18 de fevereiro de 2013.

Gestor participante do Provab 2013

Até o dia 26/02 o município receberá a visita do médico participante do Provab selecionado para atuar na(s) Equipe(s) de Atenção Básica.

Para validar a participação desse profissional no Programa é necessário fazer o login do gestor municipal (utilizados para aderir ao Provab), através do endereço: http://provab2013.saude.gov.br

Ao clicar na ilustração Provab, o gestor conhecerá qual a situação do profissional classificado no Programa. Clicando na palavra ação, o gestor precisa responder o questionário apresentado, informando: data de apresentação do profissional, aceitação do médico para trabalhar no município, validação dos documentos apresentados pelo médico. Após dar o ok, o gestor municipal deve imprimir o Termo de Concessão e aceitação de bolsa.

Esse termo deverá ser assinado pelo gestor e profissional médico. Por sua vez, o profissional deverá encaminhar até o dia 08 de março ao MS.

Médico participante do Provab 2013

A etapa para apresentação no município já se iniciou. Até o dia 26/02 o profissional deverá ao município em que foi alocado para atuar no Provab 2013 e validar o seu cadastro junto ao gestor municipal.

A validação é feita apenas pelo gestor municipal através do sistema Provab 2013, no endereço:

http://provab2013.saude.gov.br.

Após imprimir o Termo de Concessão e aceitação de bolsa, o mesmo deverá ser assinado pelo gestor e profissional médico e encaminhado (pelo profissional) até o dia 08 de março ao MS para o endereço do PROVAB/DEGES/SGTES/MS, Esplanada dos Ministérios, Bloco “G”, Edifício-Sede, 7º andar, Sala 725, CEP 70.058-900, Brasília DF. Atentar também para os demais documentos necessários conforme EDITAL Nº 3, DE 9 DE JANEIRO DE 2013.

O PROFISSIONAL DEVERÁ INICIAR SUAS ATIVIDADES DIA 1º DE MARÇO!

Em 28/02/2013 será publicado edital com a confirmação dos médicos validados pelos municípios, consolidando a relação dos participantes do PROVAB no período de março de 2013 até fevereiro de 2014.

Maiores informações:

(61) 3315-2189 / 3315-2598

coordenacao.provab@saude.gov.br

supervisao.provab@saude.gov.br

administrativoprovab@saude.gov.br

Atenciosamente,

Priscila Mara Anjos Nunes

(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim
Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Coordenação Geral de Gestão da Atenção Básica – CGAB
Departamento de Atenção Básica – DAB
Secretaria de Atenção à Saúde – SAS
Ministério da Saúde – MS

PROVAB 2013 – Informações Importantes

A adesão ao PROVAB 2013 está aberta apenas para equipes sem médicos e novas equipes de saúde da família com carga horária semanal de 40 horas;

Os municípios não devem colocar vagas de ubs que já tenha médicos, pois o objetivo não é substituir médicos das equipes existentes; mesmo que o médico da unidade também se inscreva no PROVAB isso não garante que ele seja selecionado para a mesma unidade e/ou município!!

Os médicos que hoje estão no PROVAB poderão também aderir ao PROVAB 2013, a adesão não é automática, é necessário realizar nova adesão;

Os recursos orçamentários correrão por conta do orçamento do ms, devendo onerar o pab variável saúde da família, conforme portaria 81. Clique aqui para ter acesso a portaria.

Ao realizar adesão o gestor receberá um email da equipe PROVAB, inclusive informando, quando houver, quais são as pendências no processo de adesão e como proceder.

Orientações para adesão do município ao PROVAB

  • Todo município deve ter, obrigatoriamente, o gestor municipal e o coordenador do PROVAB cadastrados no cadastro nacional de profissionais de saúde para que a adesão do município possa ser acessada.
  • O gestor municipal deve ser o secretário municipal de saúde.
  • Somente o gestor municipal (secretário de saúde) pode fazer a adesão do município.
  • Somente o gestor municipal (secretário de saúde) pode fazer o cadastro do coordenador do PROVAB no sistema PROVAB. Qualquer funcionário do município pode ser o coordenador do PROVAB.

Passos para o cadastramento do gestor municipal e do coordenador do PROVAB no cadastro nacional de profissionais de saúde (CNPS)

  • Para fazer o cadastro no cnps, o gestor municipal e o respectivo coordenador do PROVAB devem acessar o endereço http://PROVAB2013.saude.gov.br, clicar no botão “crie uma conta”, fazer cada um, o seu cadastro e acusar o recebimento do e-mail de confirmação de cadastro no CNPS.
  • Após o gestor municipal e o coordenador do PROVAB terem concluído os respectivos cadastros no cnps então o sistema PROVAB estará acessível para a adesão do município.
  • Ogestor municipal deverá então entrar no sistema PROVAB, acessar o menu cadastro>coordenador e cadastrar o coordenador.

Passos para adesão do município ao PROVAB

  • Selecionar o município que quer fazer a adesão.
  • Complementar o cadastro do gestor municipal.
  • Fazer o cadastro do município.
  • Complementar o cadastro do coordenador do PROVAB (ler item 2).
  • Quando todos os passos forem executados e a adesão estiver concluída, o sistema mostrará uma ficha de adesão, com o nome do município, gestor municipal e coordenador do PROVAB.
  • Deve-se fazer o upload (anexar arquivos) de documentos no sistema. Para cada arquivo anexado no sistema deve conter os documentos do gestor e do prefeito. Ex.: o documento de identidade deve possuir a copia da identidade do gestor e do prefeito.

Maiores informações também entrar em contato com coordenação do PROVAB por meio do e-mail coordenacao.PROVAB@saude.gov.br ou com a ouvidoria geral do sus 136!!

 


Dos prazos

  • A inscrição dos municípios, adesão ao PROVAB é através do endereço: http://provab2013.saude.gov.br até às 23h59min do dia 1º de fevereiro de 2013, conforme horário de brasília;
  • O processo de adesão dos médicos ao PROVAB é através do endereço: http://provab2013.saude.gov.br até às 23h59min do dia 5 de fevereiro de 2013, conforme horário de brasília;
  • Após a análise da documentação, os municípios que preencherem os requisitos acima terão seu nome publicado no diário oficial da união até 05 de fevereiro de 2013, e constarão em sistema informatizado para fins de opção dos candidatos do PROVAB.

Do termo de compromisso

O sistema eletrônico gerará o termo de compromisso constante no anexo do edital nº 35, de 26 de dezembro de 2012.

  • Deverão ser encaminhados, por meio eletrônico, ao endereço coordenacao.provab@saude.gov.br, e fisicamente, via correio, para o endereço esplanada dos ministérios, bloco g, 7° andar, sala 725 – cep 70.058-900, brasília – df, com a indicação (PROVAB 2013/deges/sgtes/ms):

A. Termo de compromisso, assinado pelo prefeito municipal, em duas vias.
B. Cópia autenticada dos documentos pessoais do titular responsável (ci e cpf) pela assinatura do termo de compromisso (prefeito e secretário municipal de saúde), com o respectivo ato de nomeação ou termo de posse;
C. Indicação do representante legal do município para acompanhar a participação do município no programa, informando telefone e endereço eletrônico (e-mail) para contato.

  • As informações declaradas e documentos postados no formulário eletrônico serão de inteira responsabilidade gestor, dispondo a coordenação do PROVAB do direito de excluir da seleção aquele que porventura não preencher o formulário de forma completa e correta ou fornecer dados comprovadamente inverídicos;

Da análise da documentação e da adequação aos critérios definidos com base na portaria nº 1.377/GM/MS de 2011

  • o ministério da saúde, através da secretaria de gestão do trabalho e educação na saúde (sgtes), analisará a documentação apresentada e verificará a adequação dos municípios aos critérios definidos com base na portaria nº 1.377/gm/ms, de 2011.

Da celebração do termo de compromisso

  • O Ministério da Saúde irá celebrar termo de compromisso apenas com os municípios que atenderem adequadamente a este edital de convocação, por meio do envio da documentação solicitada, no prazo estabelecido, e com adequação aos critérios definidos com base na portaria nº 1.377/GM/MS de 2011.
  • O Ministério da Saúde enviará aos municípios que atenderem adequadamente às disposições deste edital 1 (uma) via do termo de compromisso devidamente assinada pelo ministro de estado de modo a formalizar a adesão ao PROVAB.

PROVAB 2013 – Situação na Paraíba

Conforme relatório do dia 30/01/13 das 18:11h, estado da arte no Estado da PB:

  • 258 vagas disponíveis em 226 unidades de saúde;
  • 79 municípios;
  • 468 profissionais médicos.

AGUA BRANCA
ALAGOA GRANDE
ALAGOA NOVA
ALAGOINHA
ALGODAO DE JANDAIRA
AMPARO
ARACAGI
ARARA
AREIA
AREIA DE BARAUNAS
ASSUNCAO
BANANEIRAS
BARAUNA
BARRA DE SANTANA
BARRA DE SAO MIGUEL
BERNARDINO BATISTA
BOA VENTURA
BOM JESUS
BONITO DE SANTA FE
BREJO DO CRUZ
CABACEIRAS
CABEDELO
CAICARA
CAMALAU
CAPIM
CASSERENGUE
CONCEICAO
CONDE
CUITE
CURRAL VELHO
DAMIAO
FAGUNDES
GADO BRAVO
GUARABIRA
IGARACY
INGA
ITAPOROROCA
JACARAU
JERICO
JOAO PESSOA
JUAZEIRINHO
JURU
LAGOA DE DENTRO
LIVRAMENTO
LOGRADOURO
MALTA
MANAIRA
MONTE HOREBE
NAZAREZINHO
NOVA FLORESTA
NOVA OLINDA
PARARI
PASSAGEM
PILOES
PILOEZINHOS
PIRPIRITUBA
PITIMBU
POCINHOS
PRATA
PRINCESA ISABEL
REMIGIO
SANTA CECILIA
SANTA RITA
SANTANA DE MANGUEIRA
SANTANA DOS GARROTES
SANTAREM
SANTO ANDRE
SAO BENTO
SAO JOAO DO CARIRI
SAO JOAO DO RIO DO PEIXE
SAO JOSE DA LAGOA TAPADA
SAO JOSE DE PRINCESA
SAO MIGUEL DE TAIPU
SAO SEBASTIAO DO UMBUZEIRO
SOLANEA
TAVARES
TENORIO
UIRAUNA
UMBUZEIRO

Fonte: Priscila Mara – Apoio Institucional Descentralizado do Ministério da Saúda na Paraíba 

 

Provab 2 terá bolsa federal e formação em saúde da família

Programa estimula atuação de profissionais na Atenção Básica emperiferias de grandes cidades, municípios do interior ou em áreas mais remotas. Médicos bem avaliados receberão bônus de 10% em provas de residência

 

Estimular a formação do médico para a real necessidade da população brasileira e levar esse profissional para localidades com maior carência para este serviço. Com esse objetivo, o Ministério da Saúde publicou, nesta quinta-feira (26), o edital de abertura da segunda edição do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica – Provab.

A nova versão do programa prevê o pagamento de bolsa federal para o médico no valor de R$ 8 mil mensais, atividade supervisionada por uma instituição de ensino e ainda a obrigatoriedade de curso de pós-graduação prático-teórico com 12 meses de duração. Para os profissionais bem avaliados, o Provab 2 mantém a bonificação de 10% nos exames de residência médica, seguindo a resolução 09/2011 da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

O programa valoriza profissionais que atuarem durante 12 meses em periferias de grandes cidades, municípios do interior ou em áreas mais remotas, como Amazônia Legal Brasileira, semiárido nordestino, área de população e atuação indígenas. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha afirma que além de suprir municípios que possuem necessidade do médico, o programa possibilita que o profissional conheça a realidade da saúde da população brasileira. “Nos anos finais da formação, o estudante se dedica muitas vezes a estudar para a prova de especialidade e abre mão do envolvimento maior na parte prática, que é essencial para o médico por causa do contato com o paciente, com a família. É isso que também vai formar um bom médico e o Provab vem valorizar quem optar por essa experiência, com a bolsa federal, a especialização e a bonificação na prova de residência”, enfatiza Padilha.

FASES– Nessa primeira etapa, o Ministério da Saúde lançou o edital para adesão dos municípios. Os gestores interessados em receber médicos pelo programa devem aderir no período de 2 de janeiro a 1° de fevereiro de 2013, por meio do site do Provab. Terão prioridades as localidades listadas na Portaria Conjunta N° 1377/2011.

Os gestores municipais serão responsáveis por acompanhar os profissionais durante sua atuação na unidade básica de saúde. Os médicos serão também tutoreados por instituições formadoras, por meio de supervisores remunerados pelo Ministério da Saúde com bolsas no valor de R$ 3 mil.

Para garantir a qualidade do serviço prestado, os profissionais serão avaliados, trimestralmente, pelos gestores e as instituições, além de realizarem uma auto avaliação. Os participantes bem avaliados receberão pontuação adicional de 10% em provas para ingresso em programas de residência médica, seguindo a resolução 09/2011 da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

EDUCAÇÃO PELO TRABALHO – A atuação dos médicos nas unidades de saúde está condicionada à inscrição e participação obrigatória em curso de pós-graduação em Saúde da Família – que prevê 32 horas de atividades práticas nas UBS e 8 horas de aulas teóricas semipresenciais.

O curso será ministrado pela Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UnA-SUS), rede de instituições de ensino superior que promove formação e qualificação à distância gratuitamente.

Pelo cumprimento da carga horária prática e teórica, o trabalhador-estudante receberá uma bolsa custeada pelo Ministério da Saúde, no valor de R$ 8 mil mensais.

Para o ministro Padilha, a obrigatoriedade da participação no curso de especialização e a mudança no financiamento do incentivo financeiro (bolsa federal), torna o Provab mais atrativo para municípios e médicos. “Acreditamos que com essa nova medida, teremos mais médicos interessados e ajudaremos ainda os municípios que mais precisam e que muitas vezes têm dificuldades em garantir a manutenção de um médico na atenção básica, tão essencial para a saúde da população”, acrescenta.

ORIENTAÇÃO – Os médicos também terão acesso às ferramentas do Telessaúde Brasil Redes, programa do Ministério da Saúde que promove a orientação dos profissionais da Atenção Básica por meio teleconsultorias com núcleos especializados localizados em instituições formadoras e órgãos de gestão.

Outra ferramenta disponível aos profissionais é o Portal Saúde Baseada em Evidências,plataforma que disponibiliza gratuitamente um banco de dados composto por documentos científicos, publicações sistematicamente revisadas e outras ferramentas (como calculadoras médicas e de análise estatística) que auxiliam a tomada de decisão no diagnóstico, tratamento e gestão.

PRIMEIRA EDIÇÃO – A primeira edição do Provab abrangeu médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas, remunerados pelas secretarias municipais de saúde. Foram contratados 603 profissionais – 381 médicos, 112 enfermeiros e 110 cirurgiões-dentistas.

Entre os médicos, 347 foram avaliados positivamente pela instituição supervisora e pelo gestor local, e receberão a pontuação adicional nas provas de residência médica do ano que vem. Além disso, estão atuando nos municípios participantes 1.681 bolsistas supervisionados, entre enfermeiros (1.250) e cirurgiões-dentistas (431), custeados diretamente pelo Ministério da Saúde por meio de bolsa no valor de R$ 2.384,82 mensais. A atuação dos enfermeiros e dentistas bolsistas que iniciaram em 2012 permanecerá até julho de 2013.

 

Por Paula Rosa e Priscila Costa e Silva, da Agência Saúde- Ascom/MS
(61) 3315-6256 e 3315-3580