Posts

Acesso ao Sistema PMAQ e Resultados Municipais

Já estão disponíveis os resultados PMAQ  para os municípios.

Ao fim desta mensagem estão disponíveis os links do Passo-a-Passo com as telas do sistema PMAQ para auxílio no acesso.

Lembrando: 

  • Para novos gestores e/ou alterações de profissionais já cadastrados é necessário inicialmente fazer o login no sistema do PMAQ (disponível no endereço:http://dab.saude.gov.br/sistemas/sgdab/login.php) com o CNPJ municipal  e senha do fundo municipal de saúde.
  • A partir daí, deverá atualizar os perfis de acesso (excluir gestores e profissionais anteriores e cadastrar novos). 
  • Após o cadastramento, cada usuário receberá o login e senha (individuais) para acesso ao sistema do PMAQ no email cadastrado. Atenção: A senha só será enviada se clicar no ícone “envelope”.
  • Para acesso as informações, cada usuário cadastrado, com a senha disponibilizada por email, acessará o sistema agora com login e senha pessoal.

GESTORES: Cada vez que for necessário gerenciar (inserir ou excluir) usuários, o acesso sempre será com CNPJ municipal e senha do fundo municipal de saúde. Em anexo o passo a passo.

Caso não possua a senha do Fundo Municipal de Saúde é necessário cadastrar junto a DICON do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Estado da PB. Para os gestores que obtiveram dos gestores anteriores o login e senha do Fundo municipal também é necessário realizar o cadastramento junto a DICON.

Atenção: Para cadastramento, atentar para os documentos necessários.

Link para os documentos:

 

Contatos: (83) 3612-3431 e 3612-3432 – Seção de Habilitação e Análise de Projeto
Avenida Desembargador Souto Maior, 244, Centro, João Pessoa – PB   

[important]No caso de perda de senha do PMAQ dos gestores e profissionais que permaneceram nos respectivos municípios, para recuperá-la, basta clicar em esqueci minha senha localizado na página http://dab.saude.gov.br/sistemas/sgdab/login.php, a senha será enviada para o e-mail cadastrado.[/important]

Estamos à disposição para maiores esclarecimentos.

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim
Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Ministério da Saúde – MS

Oficina PMAQ

[singlepic id=95 w=320 h=240 float=left]Os secretários de Saúde dos municípios de João Pessoa, Cabedelo,  Alhandra, Guarabira, Pocinhos, Serra Branca, Princesa Isabel, Santa Rita, Campina Grande e Juripiranga, gestores e trabalhadores,  participaram nesta quinta feira dia 27 de setembro,  da Oficina sobre o PMAQ .

A oficina foi realizada no auditório do CEFOR, aonde a discussão sobre o processo de avaliação do PMAQ, seus avanços, e dificuldades foram abordados pela apoiadora e facilitadora do Ministério Priscila Mara Anjos Nunes.

“O processo de escuta dos municípios é um fator primordial para os avanços do PMAQ”, ressalta a apoiadora Priscila Mara. Tendo em vista como prioridade do PMAQ: dialogar sobre a necessidade de qualificação dos seus processos de trabalho a ser realizado pelas equipes presentes de Atenção Básica, pela falta de orientação do trabalho em função de prioridades, metas e resultados, será discutido nesta oficina.

Seus objetivos:

  • Melhorar a qualidade da Atenção Básica
  • Induzir a ampliação do acesso
  • Garantir padrão de qualidade comparável nacional, regional e local.
  • Transparência e efetividade das ações governamentais.

Esta oficina teve continuidade no turno da tarde para exposição das experiências em todos os municípios presentes. Outras oficinas foram realizadas com todos os municípios que aderiram ao PMAQ no estado. Hoje 173 municípios aderiram ao PMAQ. Esta é uma pactuação da Secretaria do Estado, COSEMS PB e Ministério da Saúde.

Veja mais fotos do eventos em nossa seção de fotos.

Avaliação Externa PMAQ

Como já é do conhecimento de todos, o módulo on-line da Avaliação Externa PMAQ estará aberto até o dia 14/09/2102 (sexta-feira).

Os gestores e equipes devem preencher esse módulo para serem certificadas. As informações do Módulo IV são essenciais para a avaliação das equipes de atenção básica.
Os questionários do Módulo IV para o gestor e responsáveis das equipes fazem parte da avaliação, portanto é recomendável que sejam inseridas informações para todas as questões.

Conforme relatório do dia 04.09.12, no Estado da Paraíba:

    • 16 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não realizaram o preenchimento do módulo IV – Gestão;
    • Equipes de 46 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não realizaram o preenchimento do módulo IV – Equipe;
    • 13 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não preencheram a sua totalidade de equipes PMAQ no módulo IV – Equipe.

Clique aqui para obter a planilha detalhada

Lembrando que para as equipes que não estão sendo visualizadas no sistema para preenchimento do Módulo IV, por mudanças no CNES e/ou área foi criado uma funcionalidade no sistema do PMAQ que possibilita que o gestor altere o CNES e/ou área das equipes PMAQ.

Atenção: A alteração só será possível para as equipes que não aparecem no sistema em razão da modificação no CNES e/ou Área, com isso será possível inserir as informações do questionário – Módulo IV.

Estamos à disposição para maiores esclarecimentos.

Atenciosamente.

 

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim
Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Ministério da Saúde – MS

Saúde repassa recursos para melhorar acesso e qualidade

O PMAQ vai gratificar 7.236 equipes de atenção básica de 1.810 municípios referente aos meses de abril, maio, junho e julho

A lista dos primeiros municípios que vão receber os recursos referentes ao desempenho das Equipes de Atenção Básica (EAB) – integrante da política Saúde Mais Perto de Você – foi divulgada nesta quinta-feira (30), pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O anúncio foi feito durante reunião ordinária da Comissão Intergestores Tripartite, em Mato Grosso do Sul. As equipes, que já foram avaliadas, fazem parte do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB).

No evento, o ministro assinou documento de autorização do repasse dos recursos a 1.810 municípios, referentes à certificação de 7.236 equipes, totalizando mais de R$ 148 milhões, referentes aos meses de abril, maio, junho e julho. A partir deste mês (agosto), serão transferidos, mensalmente, mais de R$ 37 milhões.

O processo de certificação destas primeiras equipes, que determinou o volume de recursos a serem transferidos aos municípios, foi composto por três partes: uso de instrumentos autoavaliativos – o que corresponde 10% da avaliação; desempenho em resultados do monitoramento dos 24 indicadores de saúde firmados no momento da adesão do Programa – responsável por 20% da avaliação; e desempenho nos padrões de qualidade verificados in loco por avaliadores externos, que corresponde a 70% da nota de avaliação. Este último quesito foi realizado por 45 instituições de ensino e pesquisa de todo o país, por meio de visitas às equipes de atenção básica participantes do PMAQ.

A avaliação in loco considerou elementos como: infraestrutura das Unidades Básicas de Saúde, equipamentos, disponibilização de medicamentos, processo de trabalho das equipes, satisfação dos usuários, dentre outros.

Em maio deste ano, o Ministério da Saúde iniciou a uma avaliação in loco do trabalho de 17.304 equipes que atendem no SUS – o equivalente a 53,3% do total de equipes de saúde da família no país (32.809) – que aderiram ao programa em 3.972 municípios brasileiros. Destas equipes, 12.165 já receberam a visita dos avaliadores da qualidade, correspondendo a cerca de 70% de todas que participam do Programa.

Na avaliação, a opinião dos usuários também está sendo considerada no processo de certificação. Já foram ouvidos mais de 47.000 brasileiros e a percepção de cada um deles, a respeito de como anda a qualidade da atenção básica, será ponderada no momento da definição do volume de recursos financeiros que serão transferidos aos municípios.
As equipes são compostas por médico, enfermeiro, técnico ou auxiliar de enfermagem e agentes comunitários de saúde. Há equipes que também oferecem assistência odontológica e são formadas por dentistas, auxiliar de consultório dentário e/ou técnico em saúde bucal.

Relação dos municípios da Paraíba com equipes certificadas

PROGRAMA

Criado em 2011, o PMAQ tem como objetivo incentivar os gestores a melhorar o padrão de qualidade da assistência oferecida aos usuários do SUS nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) por meio das equipes de Atenção Básica à Saúde. A meta é garantir um padrão de qualidade por meio de um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação do trabalho das equipes de saúde. O programa eleva os recursos do incentivo federal para os municípios participantes, que atingirem melhora no padrão de qualidade no atendimento.

Equipes bem avaliadas poderão receber até R$ 11 mil adicionais, por mês. Hoje, cada equipe recebe do governo federal de R$ 7,1 mil a R$ 10,6 mil, conforme critérios socioeconômicos e demográficos, acrescidos ainda pelos recursos das equipes de Saúde Bucal e Agentes Comunitários de Saúde.

COAP

Nesta quinta-feira, o ministro Alexandre Padilha, também participa de solenidade que marca a assinatura do Contrato Organizativo de Ação Pública da Saúde (COAP) com o estado do Mato Grosso do Sul. Na ocasião serão assinados quatro contratos, um para cada região (Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas). O Mato Grosso do Sul é o segundo estado a assinar o contrato. O primeiro foi o Ceará, no dia 17 deste mês.

A criação do COAP está prevista no decreto nº 7.508/2011, que regulamentou a Lei nº 8.080/1990. Esta lei trata da organização do Sistema Único de Saúde (SUS); o planejamento da saúde; a assistência à saúde e a articulação interfederativa. É um acordo de colaboração firmado entre entes federativos com a finalidade de organizar e integrar as ações e serviços de saúde na rede regionalizada e hierarquizada, com definição de responsabilidades dos entes signatários.

Segundo o acordo, cada estado é formado por mais de uma região de saúde. O decreto determina, ainda, os detalhes de organização da Região de Saúde, que deve ser capaz de garantir um conjunto de atendimentos de baixa, média e alta complexidade, organizados mediante a conjugação de serviços, recursos financeiros e planejamento integrado, entre os entes federativos. O COAP organiza o país em regiões de saúde.

Preenchimento Módulo IV – PMAQ

Como já é do conhecimento de todos, o módulo on-line da Avaliação Externa PMAQ estará aberto até o dia 31/08/2102 (sexta-feira).

Os gestores e equipes devem preencher esse módulo para serem certificadas. As informações do Módulo IV são essenciais para a avaliação das equipes de atenção básica.

Os questionários do Módulo IV para o gestor e responsáveis das equipes fazem parte da avaliação, portanto é recomendável que sejam inseridas informações para todas as questões.

Conforme relatório do dia 20.08.12, no Estado da Paraíba:

  • 43 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não realizaram o preenchimento do módulo IV – Gestão;
  • Equipes de 65 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não realizaram o preenchimento do módulo IV – Equipe;
  • 23 municípios (dos 173 que aderiram ao PMAQ), ainda não preencheram a sua totalidade de equipes PMAQ no módulo IV – Equipe.

Clique aqui para ver a planilha detalhada

Lembrando que para as equipes que não estão sendo visualizadas no sistema para preenchimento do Módulo IV, por mudanças no CNES e/ou área foi criado uma funcionalidade no sistema do PMAQ que possibilita que o gestor altere o CNES e/ou área das equipes  PMAQ.

Atenção: A alteração só será possível para as equipes que não aparecem no sistema em razão da modificação no CNES e/ou Área, com isso será possível inserir as informações do questionário – Módulo IV.

Estamos à disposição para maiores esclarecimentos.

Atenciosamente,

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim

Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Departamento de Atenção Básica – DAB
Ministério da Saúde – MS

Comunicado Importante – PMAQ

O Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS), em parceria com o Departamento de Atenção Básica (DAB/SAS/MS), está realizando visitas técnicas em uma amostra de equipes de AB participantes do PMAQ, totalizando 1.281 municípios e 1.916 equipes, em todos os estados brasileiros, com o intuito de validar o processo de coleta de dados realizados pelo conjunto de instituições de ensino e/ou pesquisa responsáveis pela avaliação externa do programa, bem como contribuir como apoio à gestão no aprimoramento do processo que vem sendo desenvolvido pelo DAB.

No Estado da Paraíba este processo contemplará 61 municípios dos 173 que aderiram ao PMAQ e totaliza a visita técnica em 84 Equipes PMAQ.

Relação das equipes sorteadas para amostra  |  Ofício

As visitas técnicas iniciaram no dia 13 de agosto de 2012 e deverão ter continuidade até o comprimento da amostragem definida.

Diante do exposto, contamos com a colaboração de todos para mais o sucesso de mais uma etapa do PMAQ.

Atenciosamente.

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim

Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA
Departamento de Atenção Básica – DAB
Ministério da Saúde – MS

Equipes PMAQ com mudanças CNES / área para preenchimento do módulo IV

Foi criado uma funcionalidade no sistema do PMAQ que possibilita que o gestor altere o CNES e/ou área das equipes PMAQ para as equipes que não estão sendo visualizadas no sistema para preenchimento do Módulo IV, por mudanças no CNES e/ou área.

[warning]A alteração só será possível para as equipes que não aparecem no sistema em razão da modificação no CNES e/ou Área, com isso será possível inserir as informações do questionário- Módulo IV.[/warning]

O sistema estará aberto até 31/08/2012.

É importante que as informações solicitadas no sistema sejam inseridas o mais breve possibilitando o cálculo do desempenho das equipes participantes.
Dúvidas mantenham contato com Priscila Mara do Apoio Institucional Descentralizado Paraíba.

O módulo on-line da avaliação externa PMAQ já está disponível

Já está no ar o módulo on-line da avaliação externa PMAQ.

Os gestores e equipes devem preencher esse módulo para serem certificadas. As informações do Módulo IV são essenciais para a avaliação das equipes de atenção básica.

Os questionários do Módulo IV para o gestor e responsáveis das equipes fazem parte da avaliação, portanto é recomendável que sejam inseridas informações para todas as questões.

O sistema estará aberto até 31/07/2012.

É importante que as informações solicitadas no sistema sejam inseridas o mais breve possibilitando o cálculo do desempenho das equipes participantes.

O passo a passo para auxiliar os gestores e as equipes para o preenchimento on line no aplicativo estão abaixo:

[notice]Para os municípios com 30 ou mais equipes participantes do PMAQ (João Pessoa e Campina Grande), o bloco VÍNCULO DOS PROFISSIONAIS E RELAÇÃO DE TRABALHO deverá ser preenchida a Tabela dos profissionais das equipes do PAMQ e enviado um email com o seguinte título: Tabela dos profissionais das equipes do PMAQ para o endereço de email: avaliacao.dab@saude.gov.br

Obs: a tabela apresenta informações dos profissionais por estado/município. Selecione o seu município e envie a tabela.

Na tabela poderão ser inseridos profissionais que não estão listados.[/notice]

[important]Atenção: Somente os municípios com 30 ou mais equipes participantes no PMAQ deverão preencher e enviar a tabela, os demais municípios deverão inserir as informações no questionário disponível no sistema.[/important]

Maiores informações:

Priscila Mara Anjos Nunes
(83) 9153-6675 Claro / 8705-1637 Oi / 9640-9878 Tim
Apoio Institucional Descentralizado PARAÍBA

Coordenação de Gestão da Atenção Básica – CGAB
Departamento de Atenção Básica – DAB
Secretaria de Atenção à Saúde – SAS
Ministério da Saúde – MS