COSEMS/PB participa de oficina em evento nacional na Bahia

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino e a Secretária Executiva, Ana Carolline Carvalho, estão até esta sexta-feira (11) da 76ª Reunião Geral de Prefeitos e Prefeitas da Frente Nacional dos Prefeitos.

Na ocasião elas participam de Oficina de Trabalho com o tema: “Fortalecimento da Governança dos COSEMS”, realizada pelo CONASEMS.

Amanhã a oficina irá contar com a aplicação experimental do instrumento de autoavaliação da gestão, com todos os participantes e será encerrado com a apresentação com os resultados desta aplicação.

O objetivo da oficina é realizar a apresentação da Matriz de Governança dos COSEMS e Aplicação Experimental do Instrumento de Autoavaliação de Gestão, desenvolvido pela assessoria técnica do CONASEMS, como parte do escopo do projeto: Construção de Posicionamento Institucional e Discussão de Responsabilidade Interfederativas no Âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) sob a Ótica da Governança.

COSEMS-PB abre inscrições até a próxima sexta-feira (4) para seminário que será realizado em parceria com a SES

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba – COSEMS-PB e a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PB) está com as inscrições abertas até a próxima sexta-feira (4) para o “Seminário sobre O Novo Modelo de Financiamento para a Atenção Primária a Saúde” que será realizado no dia 9 de outubro, no Centro de Formação de Educadores em João Pessoa.

Serão disponibilizadas duas vagas por município, sendo uma exclusiva para o gestor municipal e uma para um técnico.

Não será aceita a indicação de técnico para substituir o gestor.

A inscrição do gestor e do técnico deverá ser realizada por meio do formulário de inscrição, acessando o link: https://forms.gle/K5doHBWtxntKrmaz9

O evento tem a finalidade de ampliar o acesso as informações deste novo modelo, esclarecendo dúvidas para melhor execução da política de atenção primária na perspectiva de reduzir possíveis perdas financeiras, avultando a grandiosidade do projeto e os benefícios que ele pode trazer a comunidade.

Nota Informativa Conjunta – SES-PB e COSEMS-PB nº 01/2019: Esclarecimentos sobre a alimentação do Sistema de Informação no âmbito da atenção pré-natal nos serviços de Atenção Básica.

Presidente do COSEMS-PB participa de reunião de Grupo de Trabalho na Fiocruz em Brasília

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino participou nesta quarta-feira (18) de uma reunião do Grupo de Trabalho de Revisão da Política Nacional de Atenção em Oftalmologia, na Fiocruz em Brasília, como diretora titular de Regionalização do Conasems.

Durante o GT foram debatidos o diagnóstico de glaucoma catarata e outras doenças oftalmológicas como doenças de retina e refração nos Estados e no Brasil.

O objetivo das discussões é melhorar a organização da linha de cuidado e serviços credenciados, através do monitoramento dos procedimentos e indicadores de financiamento da Atenção em Oftalmologia.

COSEMS-PB participa da Oficina Boas Práticas Para Prestação de Contas do Cosems

Nesta terça-feira (17) a secretária executiva do COSEMS-PB, Ana Carolline Carvalho, participou da Oficina de Boas Práticas para prestação de contas dos Cosems, realizado pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), quando foram debatidos temas como a apresentação do regulamento de prestação de contas, a análise e melhorias dos relatórios de atividades e prestação de contas dos Cosems e capacitação para contabilidade e contratação de auditoria.

A oficina se estendeu pelos dois turnos e será encerrada amanhã (17) com a participação da presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino para consolidação e implementação das boas práticas para prestação de contas do Conselho paraibano.

De acordo com Ana Carolline, a oficina “está sendo uma excelente oportunidade de aprendizado para qualificar ainda mais o processo de planejamento, monitoramento, execução e prestação de contas das ações realizadas pelo Cosems-PB que vem cumprindo fielmente o cumprimento da Deliberação do Conasems apresentando e dando publicidade ao relatório de atividades quadrimestral e anual, programação anual”.

E completou: “Toda a nossa equipe está de parabéns, assim como a presidente e a diretoria do Cosems-PB por fazer cumprir e acompanhar essas ações e a Deliberação do Conasems, na busca de melhor organização e execução dessas boas práticas.”

Presidente do COSEMS-PB cumpre agenda em Brasília no CONARES e Ministério da Saúde

O COSEMS-PB está participado de Reunião do Conselho Nacional de Representantes Estaduais (CONARES), que acontecerá até amanhã (17) em Brasília (DF), com temática sobre governança e regionalização. As discussões desta segunda aconteceram nos dois turnos e amanhã à programação será retomada às 9h.

A presidente do COSEMS-PB, Soraya Galdino disse além da agenda de discussão, planejamento e aprendizado na diretoria do CONASEMS, ela também tem reunião no Ministério da Saúde.

Na condição de secretaria de Saúde de Itabaiana, ela também tem reuniões marcadas no MS para buscar melhorias e andamento de projetos para o município.

“Estamos cobrando respostas para várias demandas de Itabaiana e dos nossos municípios paraibanos”, disse Soraya.

Ministério da Saúde antecipa campanha para mobilizar a população e evitar avanço do Aedes aegypti

O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira (12) a campanha publicitária de combate ao mosquito do Aedes aegypti com o objetivo é conscientizar os gestores estaduais e municipais de saúde e toda a sociedade sobre a importância de se organizarem antes da chegada do período chuvoso no combate ao surgimento de novos criadouros do mosquito.

Em 2019 (até 24 de agosto), foram registrados 1.439.471 de casos de dengue em todo o país, com crescimento de 599,5% em relação ao mesmo período de 2018 (205.791). A taxa de incidência, que considera a proporção de casos por habitantes, é de 690,4 casos/100 mil habitantes. Entre os estados com casos, destacam-se Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Com relação ao número de óbitos, foram confirmadas 591 mortes.

Com o slogan “E você? Já combateu o mosquito hoje? A mudança começa por você”, a campanha reforça a necessidade de cada um tomar a iniciativa de proteger a sua casa e de seus familiares contra o Aedes, responsável pela transmissão de três doenças: dengue, zika e chikungunya.

A ação, que teve seu período de veiculação adiantado neste ano para setembro, reforça a necessidade de manter a mobilização nacional durante todo o ano, e não apenas nos períodos críticos, de chuva e calor. A medida traz mais tempo aos gestores locais e a população para desenvolverem ações estratégicas no combate ao Aedes aegypti, de acordo com a realidade de cada região. Geralmente, as campanhas ocorriam a partir de novembro, período de maior incidência de chuva e calor em quase todo o país, portanto, aumentando o risco de circulação das doenças.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Kleber, reforçou que este é o momento de fazer diferente e evitar o nascimento dos mosquitos no período de chuvas. “Se cada um tirar 10 minutos por semana, dentro da sua rotina, checar os locais onde o mosquito pode ter depositado ovos e que no contato com água possa nascer mosquitos. Olhar ralos, calhas, caixas d’agua, garrafas e suas tampas, pneus, e outros objetos pequenos que o mosquito tenha capacidade de colocar os ovos e ser um criadouro. Além de evitar a proliferação do mosquito também teremos um ambiente muito mais higiênico”, informou o secretário, ressaltando que os benefícios são diversos. “Desta forma a gente não protege somente a nossa casa, mas protegemos toda a nossa comunidade da circulação do mosquito”, finalizou o secretário.

Outra novidade anunciada foi a terceira etapa do projeto Wolbachia que conta com a parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e que vai ofertar linhas de financiamento específico para implantação do projeto em outros municípios. Na nova etapa, o Ministério da Saúde e o BID vão visitar cidades com potencial interesse e situação epidemiológica compatível para implantação do projeto para avaliar a possibilidade de linhas de financiamento para desenvolvimento do projeto.

A metodologia Wolbachia é inovadora, autossustentável e complementar às demais ações de prevenção ao mosquito. Consiste na liberação do Aedes com o microrganismo Wolbachia na natureza, reduzindo sua capacidade de transmissão de doenças. O projeto já está presente em 6 cidades: Campo Grande/MS, Belo Horizonte/MG, Petrolina/PE, Fortaleza/CE, Foz do Iguaçu/PR e Manaus/AM. Somente em 2019, o Ministério da Saúde investiu R$ 21,7 milhões na tecnologia.

Durante o período de seca, a população pode realizar ações de prevenção, basta tirar 10 minutos do dia para verificar se existe algum tipo de depósito de água no quintal ou dentro de casa, por exemplo. Uma vez por semana, lavar com água, sabão e esfregar com escova os pequenos depósitos móveis, como vasilha de água do animal de estimação e vasos de plantas.

Além disso, é preciso descartar o lixo em local adequado, não acumular no quintal ou jogar em praças e terrenos baldios. Limpar as calhas, retirando as folhas que se acumularam no inverno também é importante para evitar pequenas poças de água. Cada pessoa pode ser um vigilante permanente de atenção à saúde, com isso não teremos dengue, zika e chikungunya.

Fonte: Ministério da Saúde

MS vai abrir edital para 16ª Expoepi

O Ministério da Saúde através da Secretaria de Vigilância em Saúde, está lançando edital de concurso e abrindo as inscrições para a 16ª Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças – 16ª Expoepi, instituída pela Portaria nº 21/SVS/MS, de 18 de maio de 2006 e alterada pela Portaria nº 71/SVS/MS, de 21 de dezembro de 2016.

A Expoepi tem o propósito de debater temas importantes para a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) e premiar, por meio de sua mostra competitiva , os profissionais, os movimentos sociais e os serviços de saúde do país que se destacaram no desenvolvimento das ações de vigilâncias em saúde relevantes para a Saúde Pública do país.

A Coordenação Geral de Desenvolvimento da Epidemiologia em Serviços do Departamento de Articulação Estratégica de Vigilância em Saúde da Secretaria de Vigilância em Saúde coordenará a Comissão Científica da 16ª Expoepi e sua Mostra Competitiva, constituída de subgrupos de trabalho, composta por gestores, técnicos e convidados, com conhecimento da matéria em exame, servidores públicos ou não.

O público-alvo da 16ª Expoepi será composto por pesquisadores, acadêmicos da área da saúde, gestores, técnicos de serviços de saúde estaduais e municipais e instituições públicas integrantes do SUS, atuantes nas áreas de epidemiologia, vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos, sistema de informação e análise de situação de saúde, vigilância em saúde ambiental, vigilância em saúde do trabalhador e vigilância sanitária.

O edital de abertura, na íntegra, será divulgado na internet, no endereço eletrônico: http://www.saude.gov.br

COSEMS-PB participa até hoje (11) de evento de imunização em Brasília

O COSEMS-PB participa até hoje (11) do I Fórum Nacional de Coordenadores de Imunização em Brasília-DF. O secretário de Saúde de Princesa Isabel e diretor de vigilância em saúde do Conselho, Onofre Júnior e a assessora técnica Anna Katarina, participaram da oficina, representado a Paraíba.

O objetivo do evento é o se apresentar a situação epidemiológica do sarampo, situação dos imunobiológicos e insumos, discutir estratégias para enfrentar e combater o surto de sarampo, além de apresentar as recomendações do comitê internacional de eliminação do sarampo.

Outro destaque dentre as abordagens do evento está na apresentação da situação das coberturas vacinais e a discussão da logística e desafios para a distribuição dos imunobiológicos.

COSEMS-PB discute pauta extensa durante 5º Assembleia Geral Ordinária

Vários gestores de saúde de municípios paraibanos participaram segunda-feira (9) pela manhã, da 5ª Assembleia Geral Ordinária, no auditório da sede do COSEMS-PB. Na ocasião aconteceu a apresentação sobre a Cirurgias eletivas no Estado, a situação do Sarampo, seguido por extensa pauta com pontos de discussão.

Durante a assembleia, foram tratados temas como o monitoramento das cirurgias eletivas e a situação dos exames de mamografia na Paraíba, já voltado para as ações do Outubro Rosa.

Na ocasião houve a apresentação Minuta da Nota Técnica Conjunta COSEMS/PB e SES/PB que estabelece critérios para aquisição de Câmaras Refrigeradas para a sala de imunização nos municípios, pela Sra Talita Tavares – Gerente Executiva de Vigilância em Saúde.
A assembleia também abordou a situação do sarampo na Paraíba e foi finalizada com informes do Grupo Condutor da Pessoa com Deficiência e o cadastro dos gestores no PROGRAMASUS.