Prefeitura do Conde-PB realiza 1° Concurso de Fotografia sobre Amamentação

A Prefeitura Municipal do Conde-PB convida fotógrafos profissionais e amadores para participarem do 1° Concurso de fotografia sobre Amamentação. As inscrições estão abertas de até o dia 25 de agosto.

Confira todos os detalhes:

COSEMS-PB participa de reunião da Imunização no Estado e alerta gestores sobre prazo (até 31 de março) para alimentar o sistema referente à 2017

Na última quinta-feira (25/01/2017), o COSEMS-PB participou de uma reunião organizada pela Coordenação de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba (SES-PB). O encontro teve como objetivo apresentar a situação vacinal no Estado, bem como também apresentar as mudanças propostas no calendário de vacinas para 2018. A reunião aconteceu na sede da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (AGEVISA), em João Pessoa. Participaram do encontro aproximadamente 40 profissionais, entre gerentes e coordenadores regionais de Imunização, além de representantes dos Conselhos Intergestores Regionais (CIR) e Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS).

Foram discutidos temas como a cobertura vacinal de 2017, problemas de alimentação dos sistemas de imunização, mudanças no calendário vacinal 2018, além de estratégias para uma melhor cobertura. Renata Nóbrega, a Gerente Executiva de Vigilância em Saúde da Paraíba alertou que “A situação da cobertura vacinal do ano passado ainda não está fechada, os municípios têm até 31 de março deste ano para finalizar a parte da digitação no sistema e tentar traçar estratégias para que a gente consiga melhorar a cobertura, pois hoje ela está bem aquém do que é preconizado pelo Ministério da Saúde”.

A assessora técnica do COSEMS-PB, Ana Lígia Passos, afirmou que a reunião é importante para passar a realidade da imunização, tanto dos municípios quanto do estado em geral, alertando para que as informações sejam sempre colocadas no sistema. “Sabemos que há uma incompatibilidade entre o que está na base de dados e o que está no Ministério da Saúde. Muitas vezes os municípios chegam a reclamar que isto está acontecendo, mas não oficializam. É importante que os municípios nessa situação oficializem a reclamação à SES-PB, peça ajuda ao COSEMS, porque só assim o Estado tem como cobrar do Ministério da Saúde o porquê dessa informação não estar chegando à nossa base de dados em Brasília”, explicou.

Nessa oportunidade, foi sugerido que se formasse um Grupo de Trabalho Bipartite para discussão bimestral da cobertura vacinal e assim, acompanharmos os registros vacinais e a monitorarmos as coberturas, assessorando de maneira mais efetiva os municípios.

Importante destacar que os gestores têm até 31 de março de 2018 para alimentarem o sistema de imunização do seu município e com isso melhorar a sua cobertura vacinal de 2017. Qualquer dificuldade nesse processo, o COSEMS se coloca à disposição para apoiar e acompanhar todas as demandas necessárias.

 

Convocação – 1ª Assembleia Geral Ordinária 2018 do Cosems-PB

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems-PB) convoca os 223 gestores para 1ª Assembleia Geral Ordinária de 2018 que será realizada no dia 05 de FEVEREIRO de 2018, às 09h00min, na sala da CIB-PB, situada na Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, Av. Dom Pedro II n.º 1826, Torre, João Pessoa/PB.

 Contamos com a presença de todos os gestores, ressaltando que é de suma importância para o fortalecimento da gestão municipal em saúde da Paraíba.

Maiores informações no Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba, sediado à Av. Dom Pedro II, n.º 1826, Torre, João Pessoa/PB. Fone: 3218-7416 – e-mail: cosemspb@cosemspb.org

COSEMS-PB se reúne com GEPLAN, GERAV e GEAS da SES/PB para discussão da Portaria 3.011/2017

Nessa última quinta-feira (25/01/2018), o COSEMS/PB esteve em reunião na Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba (SES/PB) com os setores: GEPLAN, GERAV e GEAS; para participar da primeira reunião do GT Bipartite Portaria 3.011/2017. A pauta foi extensa no sentido de estarmos levantando todos os questionamentos da Portaria e suas republicações que ocorreram em dezembro.

A Portaria nº 3.011, publicada em 10 de novembro de 2017, estabelece os recursos a serem transferidos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação – FAEC para o Teto Financeiro Anual da Assistência e Hospitalar de Média e Alta Complexidade – MAC dos Estados e Distrito Federal. Para o cálculo do montante de valor a ser repassado, o Ministério da Saúde (MS) utiliza uma série histórica SAI/SIH/SUS de junho/2016 a maio/2017.

Desta forma, o GT Bipartite Portaria 3.011 entende que os valores expostos nas republicações da Portaria e com a lista de procedimentos transferidos para o financiamento do Limite MAC, abrange todos os pacientes atendidos nessa série histórica e que fizeram parte desse montante financeiro adquirido pelos municípios em sua execução FAEC. Assim sendo, fica compreendido que o município que teve discriminado um valor a ser repassado de FAEC para MAC, não poderá fazer uso unilateralmente do mesmo, pois antes esse mesmo município atendia a toda abrangência do Estado.

O GT tem ciência que alguns procedimentos não faziam parte da PPI, pois a PPI foi lançada em 2009 e alguns procedimentos FAEC só foram incorporados pelo SUS após esse ano, a exemplo do PET-CT. Assim, o COSEMS/PB e a SES/PB irão fazer um levantamento de todos esses procedimentos FAEC que eram realizados por alguns municípios e com isso, montarmos uma estratégia de ação, no que tange principalmente, marcarmos uma reunião com todos os gestores municipais para execução dessas novas pactuações.

Uma outra questão discutida foi o Glaucoma e como ficarão as pactuações desses procedimentos que até então só eram realizados por 4 municípios na Paraíba (João Pessoa, Campina Grande, Sousa e Pombal), e que estes devem estar cientes que se houve um valor discriminado para os mesmos, é porque eles atendiam a toda abrangência da Paraíba.

O GT também está ciente que nem todos os procedimentos do Glaucoma estão na PPI 2009, pois só foram incorporados após a sua elaboração. Por isso também, terão que ser repactuados entre todos os municípios, somente para esses novos procedimentos. Ou seja, os que estão na PPI devem ser mantidos o seu atendimento.

O COSEMS/PB entende a angústia de todos os gestores municipais de saúde de nosso estado, porém se colocou desde então em contato com a SES/PB para providências. Pede a compreensão de todos, pois teremos que fazer levantamento de PPI, pactuações, produções MAC e FAEC, enfim, normativas, para então, tomarmos decisões cabíveis e em prol da manutenção e ampliação de acesso ao usuário no SUS. Todas as medidas, reuniões e decisões tomadas ainda este mês, serão repassadas na 1ª Assembleia do COSEMS/PB e na 1ª Assembleia Ordinária CIB, que ocorrerão no próximo dia 05 de fevereiro de 2018.

 

Realizada a 1ª Reunião Ordinária da CIR Alto Sertão

Foi realizada na tarde da última terça-feira, 23 de Janeiro de 2018 na sala de reuniões da secretaria de saúde de Catolé do Rocha, a primeira Reunião Ordinária da CIR Alto Sertão. Estiveram presentes gestores da região, apoiadora do Cosems, gerência de saúde com apoio regional e institucional.

A reunião tratou as seguintes pautas: Portaria 3992/2017, Planos Municipais de Saúde e Relatórios Anuais de Gestão, Programação anual de saúde, cirurgias eletivas e informes da gerência de saúde.

Realizada a 1ª Reunião Ordinária da CIR “Terra de Maringá”

Foi realizada na manhã da última terça-feira, dia 23 de Janeiro de 2018, na sala de reuniões em Pombal, a primeira Reunião Ordinária da CIR Terra de Maringá. Estiveram presentes gestores da região, apoiadora do Cosems, gerência de saúde e apoio regional e institucional.

A reunião tratou das seguintes pautas: Portaria 3992/2017, Planos Municipais de Saúde e Relatórios Anuais de Gestão, Programação anual de saúde e informes da gerência.

Realizada 1ª Reunião CIR Vale do Paraíba – 12ª Região de Saúde

Foi realizada 1ª Reunião CIR Vale do Paraíba, 12ª Região de Saúde, em Pilar-PB, na última quarta-feira 24/01, contando com a participação de gestores, Técnicos municipais e estaduais, Gerente da GRS e apoio COSEMS.

Na pauta, avaliação da Gestão Regional em 2017 e Planejamento para 2018 , bem como discussão da Portaria de Unificação dos Blocos de Financiamento.

Em Queimadas, Cosems-PB reúne gestores da 15ª Região de Saúde para tratar sobre o PCEP

O COSEMS/PB esteve presente hoje (24/01/2018) numa reunião que ocorreu no Hospital Regional de Queimadas para tratar de assuntos referentes ao PCEP, com o compromisso de esclarecermos a pactuação firmada entre os municípios e o Estado. A reunião foi ministrada pela Diretora Geral do Hospital de Queimadas (Samara Aguiar) e estiveram presentes todos os 14 (quatorze) municípios da 15ª Região de Saúde, representantes da 3ª Gerência Regional de Saúde, COSEMS/PB (Assessora Técnica Ana Lígia e a apoiadora da região Pollianna), além de funcionários e técnicos do Hospital referido e de alguns municípios da região.

O diretor de Gestão Estratégica do Hospital, Júlio César, expôs o que foi pactuado entre os municípios e o Hospital, além de mostrar também quais os serviços pactuados e que não estão no rol de procedimentos oferecidos pelo Hospital, ficando acordado entre todos que o hospital iria substituir esses procedimentos não ofertados por algo que eles consigam realizar. A secretaria de Queimadas também expôs o fluxo e deu orientações de como serão feitas as marcações das cirurgias.

“Essa assinatura de PCEP na região se fazia necessário, tendo em vista o atraso de atualização da PPI, além de algumas dificuldades encontradas para marcação de procedimentos/consultas com os antigos municípios executores”, alertou Ana Lígia. Que também acrescentou: “essa ação é um passo importante para o fortalecimento da região e coloca em prática as ações de regionalização da saúde”.

O COSEMS/PB apoia e assessora os municípios nessa construção, se fazendo presente e acompanhando o processo de regionalização da saúde em nosso estado.

 

 

Cosems-PB se reúne com a (GEPLAN) para alinhar a programação da I Oficina Piloto

O Cosems-PB esteve reunido nesta última terça-feira (23/01/2018) com a Gerência de Planejamento da SES/PB (GEPLAN) para alinhar a programação da I Oficina Piloto que acontecerá em fevereiro em Itabaiana, abrangendo toda a 12ª Gerência Regional de Saúde. Esta Oficina acontece com uma parceria entre Ministério da Saúde (MS), SES e COSEMS e tem como objetivo final a construção do Planejamento Regional Integrado (PRI). Estiveram presentes nesse momento pelo COSEMS/PB (Ana Lígia e Patrícia) e pela GEPLAN (Marcelo e Analuce), todos deram sua contribuição e a programação para esta oficina foi finalizada. Ao todo serão realizadas 16 Oficinas, em todas as regiões de saúde do Estado, entre os meses de fevereiro, março e abril, do corrente ano.

“Este momento é muito importante para as regiões de saúde e fortalece a regionalização da saúde entre os municípios, além de ser mais um passo que é dado para a construção da PGASS, caminhando para o aprimoramento das ações e serviços de saúde que são ofertados em nosso estado”, alertou Ana Lígia (assessora técnica do COSEMS/PB).

Essas ações colocam o COSEMS/PB sempre mais próximo aos municípios e, consequentemente, ao estado, em busca de ampliar e aperfeiçoar os serviços de saúde ofertados na Paraíba.

Capacitações Telessaúde – vagas abertas sobre Zika, Dengue e Chikungunya e Doenças Tropicais para Profissionais da Atenção Básica.

O Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará, em parceria com o Programa Telessaúde Brasil Redes, do Ministério da Saúde, acaba de lançar ofertas especiais para mais dois cursos de capacitação em saúde.

São 100 vagas disponíveis para cada oferta. Ambas são gratuitas e as inscrições ficam abertas do dia 23 de janeiro ao dia 04 de fevereiro. Os cursos terão duração de um mês, com direito a certificado. Após a inscrição, cada candidato deve receber os dados de acesso até o início do curso, em 05 de fevereiro.

Os cursos são autoinstrucionais, realizado na modalidade a distância e destinam-se a profissionais de saúde de todo o Brasil. O público alvo específico de cada oferta, no entanto, pode variar.

1. Capacitação Sobre Zika, Dengue e Chikungunya para Profissionais de Saúde

Podem se inscrever apenas médicos e enfermeiros. O Curso tem por objetivo ampliar a capacidade de enfrentamento das principais situações de risco relacionadas às arboviroses Zika, Dengue e Chikungunya e conta com carga horária de 20h.

CLIQUE AQUI para se inscrever

2. Capacitação sobre Doenças Tropicais para Profissionais da Atenção Básica

Voltado para profissionais da saúde interessados no tema, o curso tem por objetivo apresentar algumas das principais doenças tropicais que acometem a população brasileira, quais são seus principais sintomas e como é feito o diagnóstico e tratamento. A carga horária é de 20h.

CLIQUE AQUI para se inscrever