COSEMS/PB participa de audiência sobre o Hospital Napoleão Laureano na Assembleia Legislativa

O COSEMS/PB participou de uma audiência para discutir a situação do Hospital Napoleão Laureano nesta sexta-feira (23) na Assembleia Legislativa da Paraíba. Representado o conselho esteve Antônio Máximo da Silva Neto, secretário Municipal de Saúde de Mamanguape e membro da Diretoria de Atenção à Saúde do COSEMS/PB.

Durante a audiência ele destacou que o objetivo do COSEMS é o de juntamente com a FAMUP articular politicamente forças para ir em auxílio do Hospital Laureano. “Na oportunidade representei a presidente Soraya Galdino e ressaltei a relevância do hospital para todos os municípios paraibanos. Precisamos articular reformulações no financiamento ds saúde e buscarmos alternativas viáveis para o Laureano”.

A audiência, de iniciativa da Comissão de Saúde, Saneamento, Assistência Social, Segurança Alimentar e Nutricional da ALPB, tratou com autoridades médicas da Paraíba e profissionais de saúde do hospital possíveis alternativas para solucionar os problemas financeiros do Laureano.

O autor da propositura, deputado Ricardo Barbosa (PSB), destacou a necessidade de angariar recursos para a continuidade dos serviços do hospital. “O Hospital Laureano é um dos maiores patrimônios da saúde pública do nosso estado, com esse viés de especificidade no tratamento do câncer, que é uma das enfermidades que mais matam aqui, na Paraíba, no Brasil e no mundo. Agora, o hospital clama por socorro. Hoje, só para se ter uma ideia, tem uma fila de quase 1.800 portadores de câncer à espera de uma vaga no Laureano. Então, se a gente não encontrar com o Governo do Estado, o Governo Federal, a população e autoridades para tentarmos ajudar a salvar o Laureano, muito provavelmente teremos um recrudescimento dessa crise e muitas vidas serão ceifadas por falta de atendimento no hospital”, complementou.

Encontro Nacional com Secretários Estaduais de Saúde e Coordenadores de Vigilância Sanitária

No dia 22 de maio aconteceu na sede da Anvisa em Brasília, o Encontro Nacional com Secretários Estaduais de Saúde e Coordenadores de Vigilância Sanitária com exposições de palestras e vários assuntos interessantes sendo abordados.

Na ocasião foram enfatizados os desafios da eficiência e eficácia do sistema, da gestão informatizada, das práticas avaliativas, dos problemas e decisões adotadas na agencia regulatória.

A ENAP – Escola Virtual de Governo foi enfocada como grande aliado na formação e aperfeiçoamento, por ser um portal único, hoje centralizando 30 instituições com 101 cursos e mais 81 para serem implantados até dezembro deste ano.

No tocante ao financiamento, foram feitas apresentações em que o financiamento atual SUS mostrava-se suficiente para suprir as necessidades, em todos os níveis: federal, estadual e municipal; sem nenhuma expectativa de novos investimentos ou financiamento.

Entre os pontos fracos estão a tamanho da pauta, já que ela foi muito longa e não houve oportunidade de discussão, ficando o encontro de forma unilateral e a ausência da representação da Secretaria de Estado da Paraíba.

Grupo Executivo do Projeto Rede Colaborativa visita a Paraíba

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (COSEMS-PB) recebeu dias 16 e 17, o Grupo Executivo do Projeto Rede Colaborativa para o fortalecimento da Gestão Municipal do SUS. A visita faz parte da estrutura analítica do projeto para acompanhar a estratégia do apoio nos estados e teve entre os objetivos, conhecer realidade local, aproximar presidente e diretoria ao projeto, apresentar as atribuições do coordenador do apoio e dos apoiadores do projeto, promover escuta qualificada para acolher sugestões e impressões e incentivar o planejamento da equipe de apoio do COSEMS.

Participaram deste momento, a presidente do COSEMS/PB, membros da Diretoria do Conselho, Coordenação do Apoio, Apoiadoras do Projeto, Assessorias Técnica e Jurídica do CONASEMS e Analistas de Projetos do Hospital Alemão Osvaldo Cruz.

Na reunião, o COSEMS apresentou um breve histórico, composição de diretoria, situação local e quais os objetivos e ações realizadas pelo COSEMS, como também, as relações interfederativas no estado pela visão da instituição.

De acordo com a presidente do COSEMS, Soraya Galdino, a visita do grupo à Paraíba é de grande relevância, pois potencializa as atividades que já estão sendo desenvolvidas pela instituição e pelo Projeto Rede Colaborativa, ressaltando a aproximação do grupo executivo com a diretoria e toda equipe Cosems.

A estratégia apoiador apresenta resultados positivos em todas as regiões de saúde do país e proporciona saltos qualitativos na organização do sistema público de saúde.

Para o Grupo Executivo, o COSEMS/PB está consolidado e de parabéns pela condução das agendas interfederativas e execução das atividades no estado, representando os 223 gestores de saúde da Paraíba com excelência, destacando a importância da integração do planejamento do COSEMS e apoio institucional.

CIR Vale do Paraíba reúne secretários municipais e realiza eleição da presidência

Os secretários municipais de Saúde da 12ª Região de Saúde se reuniram quarta-feira (15) em Itabaiana, para eleição da presidência e vice-presidência da CIR para o biênio 2019-2021.

A 4ª Reunião Ordinária da CIR Vale do Paraíba, contou com a presença de 80% dos secretários de Saúde (11), além de técnicos municipais e estaduais e apoio COSEMS/PB, com pautas sobre a Ação Rede Cuidar, o Termo de Pactuação Visa e a Assistência Hospitalar da Região.

Durante a reunião foram eleitos, a secretária municipal de Saúde de Gurinhém, Nadja Girleny de Sousa Silva na presidência e o secretário municipal de Saúde de Juarez Távora ,João Batista Almeida da Cunha na vice-presidência.

COSEMS/PB participa de abertura de curso sobre Direito Sanitário em São Paulo

Entre os dias 13 e 14 foi realizado o curso de Especialização em Direito Sanitário com ênfase em Judicialização da Saúde, promovido pelo Hospital do coração (HCOR), em São Paulo, através de parceria com o CONASEMS e Ministério da Saúde pelo PROADI-SUS.

Durante o evento foram selecionados gestores, técnicos do COSEMS, do Estado e das secretarias municipais de saúde. Treze participantes foram distribuídos entre as três macrorregiões do Estado. O curso terá duração de um ano e será na modalidade EAD.

A expectativa de é que a especialização traga alternativas de fortalecimento ao enfrentamento da judicialização na saúde, empoderando os gestores e técnicos com subsídios que norteiem a melhor condução desta problemática tão atual e delicada, pois se trata de acesso a um direito essencial que é a saúde.

Formulário de Adesão – Pacote de Hospedagem do COSEMS-PB para o XXXV Congresso do CONASEMS

O Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde – CONASEMS realizará no período de 02 a 05 de julho de 2019 o XXXV Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde em Brasília/DF.

Dessa forma, o COSEMS-PB objetivando apoiar a qualificação do gestor municipal de saúde da Paraíba, disponibilizará aos 223 gestores da Paraíba um pacote de hospedagem, com 04 (quatro) diárias, em quarto duplo, no período de 01 a 05 de julho, com café da manhã incluído, no Hotel Culliman da Rede Hplus, localizado no Setor Hoteleiro Norte (SHN), Quadra 04 Bloco E – Asa Norte, Brasília – DF, CEP: 70.704-050. Informamos que o check-in deverá ser realizado no dia 01/07 a partir das 14h e o check-out no dia 05/07/2019 até às 12h.

Este formulário tem por objetivo realizar o cadastro de adesão ao pacote, sendo acatada 01 (uma) única inscrição por município e a vaga é EXCLUSIVA para o(a) Secretário(a) Municipal de Saúde da Paraíba, titular de sua pasta, interessado(a) no auxílio, não sendo possível sua substituição. Esse cadastro de adesão estará aberto durante o período de 10 a 31 de maio de 2019.

Ressaltamos que a adesão a este pacote não garante a inscrição no evento, fato esse que precisa ser providenciado por conta do próprio gestor. A inscrição no evento deve ser realizada no SITE DO EVENTO, ou seja, através de formulário próprio do CONASEMS disponível em https://www.conasems.org.br/congresso/login.php. Destacamos ainda, que as demais despesas no hotel, alimentação, translado, passagens aéreas e outras deverão ser custeadas pelo Gestor.

No entanto, para aderir a esse pacote de hospedagem, o gestor deverá seguir os passos abaixo:

1) Preencher o formulário de adesão ao pacote de hospedagem por meio do link https://forms.gle/AXv74VTmcPmaU7GVA
2) Preencher e assinar o Termo de Compromisso CLICANDO AQUI ou receba no seu e-mail o termo de compromisso para ser assinado CLICANDO AQUI;
3) Enviar o ato/decreto/portaria de nomeação do Secretário de Saúde e o Termo de Compromisso do item anterior, digitalizado em formato PDF para o e-mail anexos@cosemspb.org

ATENÇÃO: Para validar seu cadastro é necessário que seja remetido o ato/decreto/portaria de nomeação do Secretário de Saúde e o Termo de Compromisso, em formato PDF para o e-mail anexos@cosemspb.org com o assunto do e-mail no seguinte formato: Inscrição Pacote Hotel XXXV Congresso – Município
Exemplos: Se você for gestor de João Pessoa, o Assunto do e-mail deve ser assim: Inscrição Pacote Hotel XXXV Congresso – João Pessoa. Se for gestor de Ingá: Inscrição Pacote Hotel XXXV Congresso – Ingá. Não esqueça de anexar os documentos em formato PDF.

OBSERVAÇÃO: A divisão das duplas de gestores nos quartos dar-se-á, por meio do envio de planilha por CIR, enviada pela Apoiadora Regional do COSEMS-PB.

Por fim, enfatizamos que a inscrição do gestor só será homologada/confirmada, com base no recebimento do formulário preenchido corretamente e envio do ato/decreto/portaria de nomeação do Secretário de Saúde, em formato PDF e do Termo de Compromisso assinado, SOMENTE PARA OS MUNICÍPIOS ADIMPLENTES COM A CONTRIBUIÇÃO INSTITUCIONAL DO COSEMS-PB.

CIR do Curimataú e Seridó elegem presidente e vice-presidente

A terceira reunião ordinária da 4ª Região de Saúde – “CIR Curimataú e Seridó Paraibano”, foi realizada nesta quarta-feira (8), no município de Damião.

Na ocasião se fizeram presentes sete municípios dos 12 que compõem a CIR, o correspondente a 58% do total.

O principal ponto de Pauta da Reunião foi Eleição de Presidência e Vice Presidência da CIR.

Foram eleitas a secretária municipal de Cuité – Adriana Selis de Sousa, presidente e a SMS de Picuí e Janaína de Medeiros Lima Almeida como vice-presidente.

Reunião da CIB encaminha e delibera sobre demandas de saúde nos municípios

Na segunda-feira (6) aconteceu no auditório do CEFOR, mais uma reunião da CIB com a deliberação de vários encaminhamentos importantes, a exemplo da retificação no valor dos procedimentos que serão remanejados de Rio Tinto e Santa Rita para Mamanguape, da reclassificação de 14 leitos de UTI adulto Tipo II para UTI Adulto Tipo III, do Hospital Universitário Lauro Wanderley, da habilitação da Residência Terapêutica, situada à Rua João Rodrigues de Lima, Mangabeira e outra em Mandacaru.

Além deles foi deliberado sobre o credenciamento de uma equipe de Saúde da Família e uma de Saúde Bucal, modalidade I, do município de Pitimbu e de vários municípios paraibanos, além de outros 16 pleitos provados, beneficiando municípios de várias regiões da Paraíba.

Na ocasião também foram encaminhados pontos como a Pactuação Interfederativa de Indicadores 2019. O prazo para os municípios encaminharem sua pactuação para a SES expirou no último dia 31 e apenas 47 municípios enviaram. A GEPLAG irá encaminhar ao COSEMS a relação dos que faltam enviar.

Autora de Poesia do COSEMS/PB buscou inspiração no trabalho cotidiano do conselho

A atuação do Conselho de Secretarias Municipais da Paraíba (COSEMS/PB), que traduz a demanda dos gestores municipais que lutam pela melhoria da saúde pública, serviu como inspiração para o trabalho de uma profissional de saúde que domina a arte de transformar ação em poesia. Cristine Nobre Leite *trabalha no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do município de Belém, no brejo paraibano desde 2006 e no Programa Saúde da Família (PSF) em Pirpirituba desde 2010 e participou da 1ª Mostra Paraíba Aqui tem SUS, com uma poesia sobre o COSEMS.

Odontóloga, a cearense de nascimento e paraibana de coração, como se autodefine, descobriu a poesia em 2014 para participar de uma mostra em Brasília e depois recebeu o convite para fazer um cordel. Os dois trabalhos foram premiados e em seguida surgiu outro convite: participar da Academia do Vale do Paraíba de Cordel. Desde então não parou mais e no cotidiano encontra a matéria prima para os seus versos.

Para escrever a Poesia do COSEMS, Cristine Nobre buscou informações no site do conselho e com sua capacidade de transformar texto em poesia, conseguiu absorver a essência da missão do COSEMS e dos seus membros, através da criação de versos realistas e descontraídos.

Assembleia Legislativa discute redução do Programa Mais Médicos na Paraíba e impactos na Atenção Básica de Saúde

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta segunda-feira (6), uma sessão especial para debater as consequências causadas pela não renovação do contrato de vários profissionais do Programa Mais Médicos, do Governo Federal, em diversos municípios do Estado.

Para a deputada estadual Camila Toscano (PSDB), autora da propositura, o objetivo foi discutir os possíveis problemas decorrentes da saída dos profissionais do programa na Paraíba e levar encaminhamentos da sessão aos representantes da Paraíba no Congresso Nacional. “Se é para ter um corte, é para ser justificado. Nós temos que saber o porquê, como vai fazer e atender. E o mais grave é que a maioria dos médicos que está no programa atende a periferia, as pessoas mais pobres e carentes, onde há uma dificuldade imensa para que os médicos cheguem até esses locais. Então, é um tema importante, um debate relevante e que a nossa Assembleia não poderia jamais ficar de fora”, declarou.

O deputado Tovar Correia Lima (PSDB) ressaltou a relevância do debate com especialistas sobre o tema. “É importante debater, porque é um programa que foi trazido para o Brasil sob críticas, ameaças e, agora, o governo Bolsonaro quer acabar. Então, nós precisamos ouvir e aprender um pouco sobre o programa, para que a gente não fique apenas falando o que vemos na mídia e redes sociais”, afirmou.

Já o deputado Cabo Gilberto Silva (PSL) destacou a necessidade de encontrar uma solução alternativa para que o programa não deixe de existir. De acordo com dados do Ministério da Saúde, entre 2013 a 2016, o Programa Mais Médicos chegou a contar com 18.240 médicos em 4.058 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), levando assistência para cerca de 63 milhões de pessoas. Em João Pessoa, onde o programa possui 56 vagas autorizadas, 48 médicos em atividade terão seus contratos encerrados.

O secretário municipal de Saúde de Solânea, João Elísio da Rocha Neto, representou o Conselho de Secretarias Municipais da Paraíba (COSEMS/PB) e disse que o problema afeta a atenção primária porque se estende para as demais esferas e profissionais. “Quando os médicos cubanos foram embora e foi aberto um edital ficamos felizes porque estas vagas foram preenchidas, mas uma coisa é preencher vagas e outra é mantê-las. Os profissionais que eram da atenção básica migraram para estas vagas e continuamos com um déficit.

De acordo com ele atualmente há lacunas nos PSFS e outros equipamentos de saúde, com prejuízo para o atendimento da população. “Em nossos municípios sabemos a dificuldade em dar respostas à população, há municípios que estão pedindo descredenciamento, há gestantes em pré-natal, pacientes com diabetes sem acompanhamento e por isto que a média e alta complexidade está sobrecarregada. Precisamos ver esta questão e ter mais debates para tentar encontrar soluções ”.

Para o tutor do Mais Médicos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professor Felipe Proenço, a principal preocupação é a retirada de médicos brasileiros que estão dispostos a continuar atendendo nas cidades. “Gradativamente, dentro dos próximos meses, vários municípios do estado vão perder esses profissionais e, como não há nenhuma proposta de reposição, certamente que as comunidades vão ficar desassistidas num curto espaço de tempo”, explicou.

Também participaram da sessão especial o vereador de João Pessoa, Marcos Henriques; o secretário de Saúde do município de Solânea, João Rocha Neto; o representante do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), conselheiro titular Bruno Leandro de Souza; o representante da Associação Médica da Paraíba (AMPB), Valdir Delmiro; e a secretária adjunta de Saúde de João Pessoa, Ana Giovana Medeiros.